Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
SAÚDE PÚBLICA

Dourados confirma todas as notificações de Zika e Chikungunya

11 fevereiro 2020 - 11h54Por André Bento

Doenças mantidas sob controle durante o ano passado em Dourados, o Zika Vírus e a Febre Chikungunya tiveram todas as notificações registradas em 2020 confirmadas até agora no município. A primeira tem seis confirmações e a segunda nove. Além disso, 45 casos de dengue constam como positivos.

Esses números constam no informativo resumido de arboviroses elaborado pelo Núcleo de Vigilância Epidemiológica de Dourados e atualizado nesta terça-feira (11).

No documento enviado ao Dourados News pela coordenadora do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), Rosana Alexandre da Silva, o balanço aponta 221 notificações de dengue neste ano. Desse total, 118 aguardam resultado, 45 foram confirmadas e 59 deram negativo.

Nenhuma das três doenças fez vítimas fatais em Dourados neste ano, até agora. Em 2019, a dengue teve 5.880 notificações e 3.566 confirmações no município, causando oito mortes.

Durante todo o ano passado, as autoridades sanitárias apuraram em Dourados oito notificações e duas confirmações de Zika, e 37 notificações e nove confirmações de Chikungunya.

No sábado (9), a Prefeitura de Dourados deu início à campanha ‘Sábado sem Mosquito’, por meio da qual as secretarias de Saúde e de Serviços Urbanos, além do Imam (Instituto do Meio Ambiente), atuam em conjunto para eliminar possíveis focos de procriação do mosquito Aedes aegypti e, consequentemente, diminuir os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no Município.

Em recente postagem nas redes sociais, a coordenadora do CCZ alertou que embora as autoridades estejam empenhadas na prevenção e no combate às doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, é fundamental que a população faça sua parte.

Ao revelar resultado de fiscalização que encontrou 67 focos em um supermercado e 12 em um comércio de peças usadas de veículos, Rosana detalhou multa de R$ 800 por cada foco e desabafou.

“Alertamos que dengue mata! Mude sua atitude! Estamos fazendo nossa parte. Mas os demais cidadãos têm obrigação de manter seus estabelecimentos: residencial, comercial, terreno baldio, industrial livre de recipientes com água parada, livre do mato, lixo, entulhos. Não espere a multa para mudar sua atitude!”, publicou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MATO GROSSO DO SUL
Mais de 50 homens vão reforçar combate aos incêndios na Serra do Amolar
TRÁFICO DE DROGAS
Homem é preso por comércio de crack
ECONOMIA
Preço do gás de cozinha praticado em Dourados varia entre R$ 75 e R$ 83
PROPRIETÁRIOS RURAIS
Projeto prevê contratação de seguro de responsabilidade por queimadas
CRIME AMBIENTAL
Arrendatário leva multa de R$ 6,5 mil por retirada de cascalho de área protegida
FRONTEIRA
Caminhonete com 1,5 tonelada de maconha é recuperada em Ponta Porã
'FALSO FRETE'
Douradense é atingido por tiros após levar golpe e reagir a assalto
SEGURANÇA
INSS oferece serviço expresso para entrega de documentação
CRIME AMBIENTAL
Mulher é autuada por capturar pescado acima da cota permitida
PANDEMIA
Internações e óbitos por coronavírus voltam a subir em Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

PANDEMIA
Novo decreto diminui toque de recolher e libera venda de bebidas em bares até as 23h
ACIDENTE
Mulher envolvida em acidente no Centro ficou presa às ferragens de veículo
PROSSEGUIR
Governo atualiza mapa da Covid e Dourados volta para "bandeira vermelha"
POLÍCIA
Homem morre ao tentar invadir delegacia de Glória de Dourados