Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Douradense tem casa invadida por esgoto com ratos e fezes em dia de chuva; veja vídeos

21 maio 2020 - 10h18Por André Bento

Uma douradense de 43 anos, moradora no Residencial Campo Dourado, na Alameda das Pérolas, teve a casa invadida por esgoto com ratos mortos e fezes no dia 12 passado. Naquela ocasião, o Guia Clima da Embrapa Agropecuária Oeste apurou o maior volume diário de chuva deste ano no município, de 81.5 milímetros.  

Indignada, a mulher que reside no local há 30 anos com a mãe, uma idosa com problemas na coluna, registrou essa situação desagradável em vídeos que não são recomendados para quem tem estômago fraco, sobretudo antes do almoço. (assista abaixo)

“Todos os cômodos foram atingidos, porque a água de esgoto voltou pelo banheiro e as portas dos quartos dão todas para ele. Invadiu todos os quartos, chegou a todos os cômodos da minha casa. Está sem condições de ficar aqui. Os guarda-roupas são embutidos e ainda não parou de escorrer água debaixo. Se eu jogar água só vai misturar com a de esgoto”, detalhou ao Dourados News.

Ela relatou que o problema começou na tarde daquela terça-feira e persistiu até a madrugada seguinte. “A primeira providência foi ligar para a Sanesul e pedir socorro, e não fui socorrida. Por volta de 3h40 foi a última ligação. Tinham que vir desobstruir porque é esgoto da via pública. Só no dia seguinte que uma pessoa viu o vídeo postado na rede social e levou até a Sanesul. Aí mandaram uma equipe, primeiramente fizeram a desobstrução do esgoto da via pública, na caixinha, e pedi para eles entrarem e retiraram dúzias de ratos. Viram que tinha muitos dejetos e passaram mangueira de pressão”, acrescentou.

A douradense queixa-se de não ter tido a assistência necessária. “No dia seguinte fizeram um tubo de contenção, quebraram a calçada. Na quinta-feira de manhã deram uma passada para saber se a água tinha voltado. Depois de eu ficar das 13h até 4h tirando água com rodo. Minha casa estava impecavelmente arrumada, limpa, não tinha uma poeira no chão, fora do normal do dia a dia. Depois tiraram o corpo fora e pararam de me atender”, afirma.

“Estou aguardando até agora acompanhamento médico para as seis pessoas que foram expostas, porque vieram ajudar minha irmã, minha sobrinha, o namorado da sobrinha, minha mãe, com 70 anos e cirurgia de coluna”, desabafou.

Procurado na manhã desta quinta-feira (21) pelo Dourados News, o gerente regional da Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul), Madson Valente, afirma que foi tudo resolvido.

“Não era só uma questão de esgoto. Às vezes, na ponta da rede pode ocorrer problemas. Temos dificuldade com emissão de água de chuva na rede coletora de esgoto e quando chove muito transborda e gera esse problema. Mas tomamos as providências e limpamos tudo”, argumentou.

Assista ao vídeo gravado pela moradora:

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Garota de programa que levaria droga para capital é presa na MS-164
DOURADOS
Após brigar com a ex e decidir dormir na rua, homem é assaltado e agredido
TRANSPORTE AÉREO
Dourados vai continuar sem voos comerciais por mais um mês
ECONOMIA
Dólar fecha em queda e cai abaixo de R$ 5,30
MEDIDA
Comissão de Ética manda Mandetta cumprir seis meses de "quarentena"
FACE SHIELD
Voluntários doarão 20 mil máscaras para profissionais de saúde em Dourados e região
SAÚDE
Fumante com coronavírus tem 14 vezes mais chances de morrer
CRIME AMBIENTAL
Empresa é multada em R$ 5 mil por descarte irregular de lixo em Naviraí
ESTADO
Mais três municípios com reconhecimento estadual de calamidade
CAPITAL
Droga apreendida em carro de luxo em barreira sanitária totalizou 674 kg

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher