Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
CAMPANHA

Dezembro Vermelho terá ações de prevenção à Aids em Dourados

22 novembro 2019 - 10h04Por André Bento

O Departamento de Vigilância em Saúde e Programa Municipal de IST/Aids e Hepatites Virais inicia na próxima semana as ações da Campanha Dezembro Vermelho em Dourados. Com o tema “mais amor menos preconceito”, terá ações para prevenção do HIV/AIDS, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos das pessoas que convivem com a doença.

Em 29 de novembro, às 7h30, haverá blitz informativa e educativa para motoristas na Base da PRF (Polícia Rodoviária Federal) localizada no quilômetro 266,5 da BR-163.

No dia seguinte, 30, das 08h às 13h ocorre a Campanha “Fique Sabendo”, na Praça Antônio João. Serão distribuídos materiais informativos, educativos, preservativos masculino e feminino, e gel lubrificante. Além disso, as equipes farão testes rápido para HIV, Hepatites Virais e Sífilis, com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde, como o núcleo de Atenção à Saúde Bucal, entre outros órgãos e entidades.

Já no dia 1º de dezembro, das 14h às 20h a Campanha “Fique Sabendo” ocorrerá no Clube Ubiratan, com distribuição de materiais informativos, educativos, preservativos masculino e feminino, e gel lubrificante, além de sorteio de brindes, realização de testes rápido para HIV e Sífilis.

Em 5 de dezembro a Campanha “Fique Sabendo” começa às 8h, na Casa de Recuperação “Novo Olhar”. A expectativa é realizar aproximadamente 70 testes rápidos para HIV, Hepatites Virais e Sífilis.

“O diagnóstico precoce é fundamental para interromper a cadeia de transmissão do vírus e também para o tratamento, por isso o ‘Dezembro Vermelho’ tem como objetivo reduzir a mortalidade, morbidade e prevenir a transmissão do HIV, levando em conta que a finalidade do tratamento é deixar a carga viral suprimida”, justifica o Departamento de Vigilância em Saúde e Programa Municipal de IST/Aids e Hepatites Virais.

Ainda segundo a divulgação da campanha, “infelizmente, muitas pessoas pensam que só poderão contrair o vírus HIV se forem usuários de drogas, se tiverem o hábito de ter vários parceiros sexuais ou a condição de homoafetividade”, mas a realidade não é essa e O HIV pode afetar qualquer um.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 27 milhões
TV DOURADOS NEWS
Junior Leiva fala sobre o projeto ''O teu deserto florirá'' realizado em Dourados
AJUDA DE 600 REAIS
Caixa paga parcela a 4 milhões de nascidos em agosto nesta sexta
PEDRO JUAN
Novo túnel é encontrado em presídio de onde fugiram 75 presos em janeiro
PESQUISA
Bolsonaro tem melhor aprovação desde o início do mandato, aponta Datafolha
SERVIÇOS
Detran/MS simplifica e veículos podem ser licenciados em qualquer agência
CAPITAL
Homem socorrido após ser baleado na cabeça morre em hospital
TEMPO
Sexta-feira nublada, ainda com possibilidade de chuva em Dourados
FRONTEIRA
Homem é executado a tiros ao parar com Mercedez em semáforo
POLÍTICA
Bolsonaro admite voltar ao PSL em vez de 'investir' em outro partido

Mais Lidas

DOURADOS
Preso no Ipê Roxo era investigado desde fevereiro por estupro do sobrinho
VIDA NOTURNA
“Estão passando fome”: profissionais do sexo sofrem com a pandemia em Dourados
DOURADOS
Com gritos de "pega ladrão", grupo é flagrado furtando carro no Jardim Paulista
DOURADOS
Decreto deve autorizar volta de cursos profissionalizantes e atividades práticas de universidades