Menu
Busca terça, 19 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
CAFÉ AMARGO

Desistência no PMDB pode mudar o quadro sucessório em Dourados

16 fevereiro 2016 - 08h19

#Pode sair

Informação que chegou à coluna ontem logo pela manhã dá conta de que o secretário de saúde Sebastião Nogueira deverá desistir da disputa interna com o deputado Geraldo Resende pela indicação do PMDB à sucessão municipal. Segundo fonte do partido, Nogueira não teria conseguido arregimentar voto suficiente para fazer frente ao deputado, que, aliás, é o presidente do partido e tem controle sobre a maioria dos convencionais.

....

#Gentilezas

A prévia para indicação do pré-candidato a ser referendado na convenção de julho/agosto está marcada para o dia 5 de março. Mas, a disputa interna no PMDB douradense começou ainda no ano passado e tem motivado a troca de ‘gentilezas’ entre os dois postulantes, envolvendo também seus seguidores.

....

#Free way

Caso se confirme a desistência de Nogueira, é provável que a pré-convenção seja desmarcada ou vire um ato político apenas e Geraldo passe a falar como único pré-candidato declarado do PMDB à sucessão de Murilo Zauith (PSB).

....

#No vácuo

Por outro lado, a saída de Nogueira da disputa abriria espaço a outro pré-candidato no mesmo grupo político, como, por exemplo, o deputado estadual José Carlos Barbosinha, do PSB de Murilo e preferido do também deputado Zé Teixeira, comandante do DEM por essas bandas.

....

#Arrumação

Falar em Barbosinha, especulações que se ouve pelos corredores da sucessão dão conta de que o deputado estaria de malas prontas para desembarcar no PSDB do governador Reinaldo Azambuja. Com ele embarcariam rumo ao ninho tucano pelo menos dois vereadores.

....

#Projeto

O deputado federal Zeca do PT esteve em Dourados no fim de semana. Veio comemorar os 80 anos da sogra e aproveitou para manter contatos com lideranças políticas locais, entre eles o ex-deputado Valdenir Machado (PSDB). Projeto eleitoral envolvendo os ‘dinossauros’ (grupo de políticos da velha guarda) e o PT pode estar sendo formatado. É esperar pra ver...

....

#Mais unidos

Os ex-prefeitos Zé Elias, Braz Melo e Humberto Teixeira podem se juntar em um mesmo partido, que pode ser o PEN, o SD ou o PV, onde já está Humberto e para onde está indo a ex-deputada Bela Barros. A estratégia foi discutida ontem, em reunião no escritório político de Valdenir Machado e seria uma resposta a suposta “articulação de gente poderosa” para exterminar os ‘dinossauros’.

....

#Mudança positiva

Uma das principais mudanças na legislação para as eleições municipais deste ano ainda não despertou a atenção de muitas lideranças partidárias, inclusive pré-candidatos. Trata-se do quociente eleitoral - encontrado pela divisão do número total de votos válidos apurados pelo número de lugares a preencher em cada circunscrição eleitoral -, pelo meio da qual nem sempre os mais votados são eleitos.

....

#10 por cento

Uma das mudanças aprovadas para as eleições 2016 prevê que somente podem ser eleitos candidatos de partidos que obtiverem, individualmente, pelo menos 10% do quociente eleitoral em pleitos proporcionais. Os partidos que não alcançarem esse percentual, mesmo que participantes de coligações, não terão candidatos eleitos pelo quociente partidário nem concorrerão às sobras de vagas.

....

#Desempenho

Um exemplo da cláusula de desempenho: se o quociente for de 1.000 votos, para assumir uma das vagas, o candidato do partido ou da coligação, deve ter uma votação mínima de 100 votos.

....

#Convenção

O período das convenções para escolha de candidatos e deliberação sobre coligações foi alterado e deverá acontecer entre 20 de julho e 5 de agosto de 2016 (ano da eleição).

....

#Sem isenção

Advogados do ex-líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (afastado do PT) devem pedir a substituição do relator que analisa a representação contra o sul-mato-grossense no Conselho de Ética. Para a defesa de Delcídio, o senador Ataídes Oliveira, do PSDB de Tocantis, não pode continuar na relatoria por falta de isenção do seu partido, que apoiou a iniciativa do PPS e Rede, que subscrevem a representação contra o senador.

....

#Bloquinho

O regimento do Conselho de Ética estabelece que o relator não pode ser filiado ao partido político representante ou ao partido político do representado. Apesar de o PSDB e DEM não serem coautores da representação, a defesa de Delcídio entende que, por terem apoiado a iniciativa, as legendas formam um “bloco parlamentar” com o PPS e a Rede.

....

Comentários, críticas e sugestões: cafeamargocoluna@gmail.com

Deixe seu Comentário

Leia Também

Clima chuvoso e fresco continua nesta terça-feira em todo o Estado
MATO GROSSO DO SUL
Clima chuvoso e fresco continua nesta terça-feira em todo o Estado
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Projeto institui uso de pequenas barragens como política pública para recuperação de bacias
FUTEBOL
Após três derrotas, Flamengo vence Goiás e encosta nos líderes
BRASIL
Quinze pacientes são transferidos do Amazonas para Goiás
UNIVERSIDADE
Laboratório de universidade federal analisa mais de 4 mil testes de Covid-19 em 2020
LEGISLATIVO
Deputados entregam a candidatos à Presidência da Câmara carta com prioridades para a educação
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Projeto prevê punição para o repasse indevido de salário de funcionários de agentes políticos
BRASIL
Anac divulga aéreas que podem transportar cilindros de oxigênio
OPINIÃO
Como as alterações nos benefícios previdenciários podem te impactar
PANDEMIA
Mato Grosso do Sul realiza primeira vacinação contra o coronavírus

Mais Lidas

DOURADOS
Morto por descarga elétrica pode ter tentado consertar portão
ACIDENTE
Homem morre após sofrer descarga elétrica em Dourados
DOURADOS
Comitê alerta para crescente da Covid e prefeito expede decreto com novas regras
DOURADOS
Em ação conjunta, polícia deflagra operação para investigar crimes