Menu
Busca sexta, 15 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
ARTIGO

Depressão: A angústia de se sentir insignificante

30 setembro 2020 - 09h10Por Denise Caramori

É possível evitar angústias neste mundo? Depressão é uma doença que atinge mais de 12 milhões de Brasileiros e esta relacionada a maior parte dos casos de suicídio. É preciso falar sobre isso, quebrar os estigmas e preconceitos, pois há ainda muita desinformação quanto à esta doença. 

Muita gente ainda tem a terapia e a depressão como coisa de gente fresca ou doida e mais um monte de preconceitos, mas quando se está doente não é normal procurar um médico? Então, porque tanto preconceito com a saúde mental? Terapia é uma coisa muita comum e muitas vezes é necessária, o psiquiatra é o especialista no caso de depressão, e ninguém deve sentir vergonha de procurar tratamento. 

Quando uma pessoa chegar até você para desabafar que esta se sentido mal sobre sua saúde mental, com sintomas de desânimo, ausência de autocuidado, tristeza permanente e incapacitante, sentimento de culpa, dificuldade para dormir ou que esteja dormindo demais, dificuldade de concentração e apatia, é mais importante ouvir do que falar, com calma, paciência e muito acolhimento, e mais importante ainda é ajudar a pessoa a buscar tratamento.

É preciso entender que saúde mental e física estão interligadas, que a depressão também esta relacionada aos desequilíbrios químicos no cérebro e é exatamente por isso que muitas vezes, o tratamento requer, além de psicoterapia, o uso de medicação junto à prática de exercícios físicos. 

Depressão é uma doença que tende a ser crônica e recorrente, principalmente quando o tratamento não é feito de maneira adequada, é uma doença que não se cura, na melhor das hipóteses, ela pode ser controlada, contida, e contê-la é tudo o que os atuais tratamentos almejam, e, mesmo que ter fé ajude muito no processo e seja importante, não é possível colocá-la no lugar do tratamento clínico. 

Há uma diferença entre como você se sente e como você age perante os outros, assim, a depressão pode ser descrita como o sofrimento emocional, silencioso, que se impõe sobre a pessoa contra a sua vontade. Um pesar desproporcional à circunstância de vida da pessoa. Ela mina as pessoas como a ferrugem enfraquece o ferro, a ferrugem esta lá, incessantemente transformando o sólido em pó. É o total desaparecimento de algo - a esperança. A depressão asfixia, cresce e domina o ser humano, e a pessoa desaparece sob algo mais forte do que ela. 

A reconstrução do eu numa depressão e depois dela exige amor, trabalho e mais do que tudo, tempo, o diagnóstico é tão complexo quanto a doença, porque a depressão atinge pessoas diferentes de modos diferentes. A luta assume a forma de busca por tratamento. E é importante buscar ajuda enquanto voce ainda esta suficientemente forte para fazê-lo. A maioria das pessoas ja teve momentos de desespero, mas se estes momentos duram meses e parecem permanentes, estamos diante de uma doença aleijante. A pessoa não morre de suicídio, morre de depressão, porque quem quer se matar não quer terminar com a vida, quer acabar com o sofrimento, quer matar a dor de existir.

Psicopedagoga/Terapeuta

Equoterapeuta/Equitadora  

denicaramori@hotmail.com

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeitura de Naviraí interdita ponte por conta de risco de desabamento
REGIÃO
Prefeitura de Naviraí interdita ponte por conta de risco de desabamento
CULTURA
Festival de dança valoriza a melhor idade e promove a confraternização
VIOLÊNCIA
Diretor-adjunto é condenado por estuprar criança de 10 anos em escola
DOURADOS
Incubadoras da UFGD selecionam propostas de novos empreendimentos
CAPITAL
Ao se negar entregar celular a ladrão, menina de 12 anos é esganada
VACINA
Saúde reduz intervalo da AstraZeneca de 12 para 8 semanas
LADÁRIO
Polícia prende irmãos acusados de matar jovem a tiros em bar
ELEIÇÕES 2018
TSE vai julgar ações que pedem cassação da chapa Bolsonaro-Mourão
TEMPORAL
Chalana vira no rio Paraguai e sete pessoas ficam desaparecidas
NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil registra mais 526 mortes por Covid; média móvel está em queda

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia indicia três e recupera R$ 32 milhões de golpe milionário em empresa
FRONTEIRA
"Olheiro" de vítimas da chacina em Pedro Juan é preso
VIOLÊNCIA
Ataque na fronteira deixa um morto e dois feridos, entre eles vereador
CLIMA
Chuva e ventos fortes derrubam árvores em Dourados e causam estragos em posto da PRF