Menu
Busca sexta, 10 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Delcídio, Marçal e Biffi garantem recursos para novo hospital de Dourados

25 fevereiro 2013 - 07h04

Um novo hospital para a cidade de Dourados foi definido como prioridade em novembro de 2012, no Orçamento da União, através de emenda assinada pelo senador Delcídio do Amaral(PT/MS), o deputado federal Marçal Filho (PMDB/MS) e o também deputado federal Antonio Carlos Biffi (PT/MS). Os três, já no momento da definição das emendas coletivas ao Orçamento de 2013, elegeram a área da saúde como a “prioridade das prioridades” para este ano.

A emenda para Estruturação da Rede de Atenção Especializada de Saúde em Dourados é uma das quatro indicadas pelos três parlamentares para a área da saúde. O valor garantido para Dourados junto à Comissão Mista de Orçamento e Gestão é de R$ 17,8 milhões. Os parlamentares garantem que, tão logo seja aprovado, no Congresso Nacional, o Orçamento de 2013, os recursos estarão à disposição do Governo do Estado para a apresentação do Projeto junto ao Ministério da Saúde.

“A aprovação do orçamento deve ocorrer nestas duas próximas semanas, como garantem as lideranças partidárias”, informou Marçal Filho que participa do colegiado de líderes do PMDB na Câmara.

As quatro emendas coletivas de autoria de Marçal, Delcídio e Biffi são as únicas de todas as 14 da bancada para o OGU/2013 que contemplam a área da saúde.

“A saúde é de longe a primeira necessidade de um povo. Nunca vivenciamos uma situação tão ruim na saúde pública de Dourados, quanto agora. Os profissionais da área identificam que uma das saídas para esse caos é a construção de um novo hospital. Então, no ano passado ainda, decidi repetir minha primeira emenda coletiva, em 1996, quando destinei recursos para construção do nosso HU (Hospital Universitário), agora me unindo aos colegas Delcídio e Biffi nesse novo desafio”, afirma Marçal.

Para o Deputado Biffi esta ação é resultado de um esforço grande para minorar o gargalo que é a saúde do estado e de Dourados.

“Acredito que com essa emenda o novo hospital para Dourados se transforme em realidade, pois são recursos vultosos quase R$ 18 milhões, só para a cidade”, aponta.

Delcídio diz que a estruturação da saúde em Dourados atenderá as necessidades de toda a região.

“A população dos municípios da Grande Dourados, do Cone Sul e da fronteira também será beneficiada. A idéia é transferir para o novo hospital os casos mais graves , concentrando o atendimento primário nos postos de saúde”, explica o senador.

Além de Dourados, Campo Grande e Corumbá receberão os recursos das quatro emendas da Bancada para saúde pública. Somados os recursos ultrapassam R$ 93 milhões.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Mulher foi atacada com facão pelo filho sem motivo após ele beber
AGLOMERAÇÃO
Bolsonaro abraça pessoas e posa para fotos em padaria de Brasília
CAMPO GRANDE
Condenado a 13 anos, homem é preso sete anos depois do crime
UFGD
Inscrições para contratação de professor visitante vão até o dia 17
RIBAS DO RIO PARDO
Caseiro atira contra ‘invasores’ e descobre que eram parentes do patrão
SOLIDARIEDADE
Campanha do Agasalho Abevê espere arrecadar 38 mil peças de roupa
DOURADOS
Inova Unigran desenvolve protótipos de protetores faciais para doação
ESTALIONATO
Produtor rural perde cerca de R$ 123 mil em golpe de venda de gado
RURAL
MS deve registrar safra de 11 milhões de toneladas, maios da história
TRÊS LAGOAS
Motorista é preso após digirir bêbado por mais de 30 quilômetros

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tenta desviar de buraco, é atropelada por carreta e morre
DOURADOS
Assassinos de homem no Parque das Nações roubaram celular de testemunha
DOURADOS
Na volta ao atendimento, populares formam filas longas em frente a agências bancárias
DOURADOS
Mulher morta em acidente cursava pedagogia e terá corpo levado a Naviraí