Menu
Busca quinta, 06 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Delcídio debate a questão indígena amanhã em Dourados

27 agosto 2004 - 08h30

O senador Delcídio do Amaral Gomez reúne-se amanhã, em Dourados com representantes dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais. A reunião, marcada para as 9 horas da manhã, é para discutir a questão indígena. Delcídio é relator da Comissão Especial do Congresso que acompanha os conflitos envolvendo índios em todas as regiões do país.A visita a Dourados é também para campanha política para o candidato à reeleição Laerte Tetila (PT). Depois da reunião, o senador participa de um ato político no Clube Nipônico. Na mesma tarde, Delcídio segue para Nova Alvorada do Sul, onde participa de carreata política. À noite, o senador participa de comício no bairro Santa Luzia, em Bataguassu. O retorno a Campo Grande está previsto para domingo. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

STJ
Advogado acusado de matar ex-lider do PSL sofre nova derrota na Justiça
IBGE
Governo recorre da decisão do Supremo sobre realização do Censo 2021
Motorista perde o freio e caminhão carregado com frangos colide em carreta
Motorista perde o freio e caminhão carregado com frangos colide em carreta
BRASIL
Mulher vítima de violência terá prioridade em programa habitacional
Jeep bate em carreta, capota, sai da pista e fica destruído na BR-267
NOVA ANDRADINA
Jeep bate em carreta, capota, sai da pista e fica destruído na BR-267
BRASÍLIA
'Tô vendo uma barata aqui', diz Bolsonaro a apoiador com cabelo 'black power'
Suspeito de levar foragidos do ES ao Paraguai é preso com R$ 12 mil
UFGD
Workshop de saúde vocal para profissionais da voz acontece na próxima semana
NOVA ANDRADINA
Ex-namorado de líder do PSL encontrada morta, é indiciado por feminicídio
BRASIL
Caixa Econômica lança campanha para estimular transações pelo celular

Mais Lidas

PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira
PONTA PORÃ
Vítima de execução na fronteira registrou boletim de ocorrência contra o namorado