Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Defensoria Pública atendeu mais de 3 mil casos de Proteção à Mulher no ano

29 novembro 2019 - 13h20Por André Bento

Uma das principais demandas da Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul em Dourados durante este ano foi em defesa dos direitos das mulheres. Balanço divulgado pelo órgão nesta semana mostra que o município teve 3.590 atendimentos descritos como Proteção à Mulher

Coordenado pela defensora pública Thais Dominato Silva Teixeira, o Nudem (Núcleo Institucional de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher) destacou que em 2019 atuou voltado à medida protetiva, regularização de questões familiares após violência, ameaça e vias de fato.

Na maior e mais populosa cidade do interior de Mato Grosso do Sul, até agosto, quando foi aberta a Campanha Agosto Lilás e o Programa Maria da Penha Vai à Escola, com objetivo de conscientizar a sociedade sobre a violência contra mulher, não havia sido nenhum feminicídio em 2019.

Contudo, em 21 de novembro, Gilmar Francisco dos Santos, de 41 anos, foi preso acusado de tentar matar a ex-mulher, de 32 anos, um dia antes, com um tiro na cabeça. Ela foi socorrida ao Hospital da Vida e a mais recente informação apurada indica que perdeu a audição do ouvido esquerdo, atingido pelo disparo.

Na terça-feira (26), o feminicídio mais recente na cidade, ocorrido em 25 de junho de 2018, teve desfecho, quando o acusado, Edson Aparecido de Oliveira Rosa, de 35 anos, foi condenado a 27 anos, 9 meses e 10 dias de prisão em regime inicial fechado durante julgamento pelo Tribunal do Júri. (relembre)

Ele estava preso desde 26 de junho de 2018 por matar a ex-mulher Yara Macedo dos Santos. A vítima, que tinha 30 anos, foi baleada com um tiro na cabeça no cruzamento das ruas México e Colômbia, no Parque das Nações I. Esse crime foi presenciado por um filho do casal, de 14 anos, que ainda tentou impedir o pai de atirar após vê-lo agredir a mãe.

MAIS ATENDIMENTOS

Além da Proteção à Mulher, os outros principais atendimentos prestados pela Defensoria Pública do Estado em Dourados incluem direitos do consumidor, 2.574 casos no ano, saúde (2.182), e Proteção da Criança (868).

O órgão prestou, desde o início do ano, 24.538 no município. Em todo o Mato Grosso do Sul, o número chegou a 354.139.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANTANAL
Após três dias de combate, bombeiros controlam fogo que destruiu 2 mil hectares
TRÁFICO DE DROGAS
Dois são presos em carro com 259,6 kg de maconha na Capital
ECONOMIA
Mato Grosso do Sul apresenta crescimento de 58% em exportação de soja
PMA
Ação conjunta resulta na apreensão de 32 t de sucatas de baterias usadas
BRASIL
Missa no Rio homenageia os mais de 100 mil mortos por Covid-19
CAMPO GRANDE
Homem desmaia e vai parar no hospital após briga por jogo de futebol
PANDEMIA
Vigilância registra infração de medida sanitária preventiva em Cassilândia
ESPORTES
Max Verstappen estraga festa da Mercedes e vence GP dos 70 anos da F1
FUTEBOL
Santos e Bragantino se enfrentam pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro
SAÚDE
Campanha Agosto dourado: mães com Covid-19 devem continuar amamentando

Mais Lidas

DOURADOS
Homicídio ocorreu após madrugada de farra e confusões na Jaguapiru
PANDEMIA
Paciente internado em Dourados morre de coronavírus
DOURADOS
Equipe do Samu se desloca para atender vítima de facadas em bairro
PANDEMIA
Cerca de 90% douradenses diagnosticados com Covid estão recuperados