Menu
Busca quarta, 22 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
DOURADOS

Decreto regulamenta atendimento a particulares no Departamento de Licitações

13 setembro 2021 - 09h51Por André Bento

Decreto nº 640 de 08 de setembro de 2021, expedido pelo prefeito Alan Guedes (PP) em edição suplementar de sexta-feira (10) do Diário Oficial do Município, regulamenta o atendimento a particulares por servidores públicos no exercício da função pública, lotados no Departamento de Licitação, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Administração da Prefeitura de Dourados. 

A norma estabelece que atendimentos e eventuais reuniões solicitadas aos servidores públicos do setor poderão ser realizados mediante prévio agendamento pelo particular ou interessado, excepcionadas as disposições constantes na Lei nº 8.906, de 4 de julho de 1994, que dispõe sobre o Estatuto da Advocacia e a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). 

Nos casos que não se enquadram à legislação mencionada, o agendamento será feito mediante preenchimento de formulário próprio que poderá ser obtido no site oficial da administração municipal ou por solicitação ao Departamento de Licitações exclusivamente através do e-mail: licitacoes@dourados.ms.gov.br. 

“No agendamento o particular ou interessado deverá esclarecer no preenchimento do formulário quais informações pretende obter ou assunto que deseja tratar e sobre qual objeto em licitação”, pontua o decreto.

Essa solicitação de atendimento ou reunião será confirmada ou recusada pela administração pública municipal mediante resposta formalizada via e-mail direcionado ao solicitante e o atendimento agendado e confirmado poderá ser cancelado por iniciativa do particular ou do agente público.

É pontuado ainda que os atendimentos e reuniões “terão sempre caráter oficial”. Caberá ao servidor ou agente público se fazer acompanhar, pelo menos, por um outro servidor público, bem como “fazer o registro específico do atendimento ou reunião, das pessoas presentes e os assuntos tratados, elaborando Ata que deverá ser assinada por todos os participantes”.

Além de estabelecer que somente será admitido atendimento ou participação em reunião de particular ou interessado previamente identificado no formulário já citado, o decreto indica que “caso o particular ou interessado seja representado, o representante deverá comparecer ao ato com a respectiva procuração”.

Por fim, a norma esclarece que o não comparecimento na data e horário agendado importará no cancelamento do atendimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia investiga se candidato foi morto por ouvir polca de Partido
PARAGUAI
Polícia investiga se candidato foi morto por ouvir polca de Partido
IMUNIZAÇÃO
Cabe a estados decidir vacinação de adolescentes, diz Lewandowski
Motorista fica em estado grave após colidir carro em árvore na MS-162
Motorista fica em estado grave após colidir carro em árvore na MS-162
ONLINE
Sebrae e Fundect abrem inscrições para acesso a mercados de inovação
VIOLÊNCIA
Preso em tiroteio que matou sequestrador tem mais de 45 passagens
BRASIL
Senado aprova PEC que flexibiliza gastos na educação em 2020 e 2021
COMITIVA
Queiroga é diagnosticado com Covid-19 e ficará em quarentena em NY
JUDICIÁRIO
Moraes mantém ordem de prisão contra o caminhoneiro Zé Trovão
TRÁFICO
Polícia encontra 7 crianças, ao 'estourar' centro de distribuição de drogas
EMPREGO
Funai é autorizada a abrir concurso com 776 vagas temporárias

Mais Lidas

DOURADOS
'Buguinha' é presa e diz que matou caseiro por legítima defesa
DOURADOS
Envolvida em execução de detetive é presa novamente em Dourados
DOURADOS
Vizinhos sentem mau cheiro e idoso é encontrado morto no Novo Horizonte
SITIOCA CAMPINA VERDE
Caseiro é assassinado com golpe de faca em Dourados