Menu
Busca segunda, 30 de novembro de 2020
(67) 99659-5905

Administração da UFGD viabiliza R$ 11 mi para equipamentos

01 março 2013 - 09h15


Todos os 28 cursos de graduação da Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD serão contemplados com recursos destinados à aquisição de equipamentos, totalizando R$ 11 milhões em investimentos viabilizados pela administração central junto ao Ministério da Educação.

Além dessa somatória, mais R$ 1,5 milhão será destinado à Biblioteca Central para a aquisição de novos livros, sendo meio milhão para a compra de itens voltados somente para o curso de Medicina, que também terá recursos no valor de R$ 2 milhões, negociados para a ampliação do número de vagas no curso.

Segundo o reitor da UFGD, professor doutor Damião Duque de Farias, as faculdades terão 60 dias para apresentar as propostas de aquisições, com respectivos orçamentos, em documentos que deverão ser encaminhados à reitoria. “Esse é mais um compromisso assumido da administração com seus cursos, estudantes e servidores. Nesses sete anos, mesmo em meio a muitas dificuldades, avançamos e melhoramos consideravelmente as condições de estrutura física e de pessoal para o ensino, a pesquisa e extensão da Universidade”.

Para o coordenador do curso de Medicina, professor Luiz Augusto Freire Lopes, os recursos destinados para a Medicina são fundamentais para o crescimento da Faculdade. O curso terá o número de vagas ampliado e isso, consequentemente, melhora a estrutura para os acadêmicos de todos os anos. “Será um ganho para todos, elevando o padrão de ensino. Vamos investir na aquisição de materiais para os laboratórios de ensino e compra de livros. Isso melhora as aulas práticas e o atendimento na área clínica”.

Para as áreas das ciências e tecnologias, incluindo principalmente as Faculdades de Engenharia - FAEN, Ciências Exatas e Tecnologia - FACET e Ciências Biológicas e Ambientais – FCBA serão destinados mais de R$ 3,8 milhões. Segundo o diretor da FACET, professor doutor Adão Antônio da Silva, esses recursos são muito bem-vindos e importantes para equipar laboratórios que são utilizados por quase todos os cursos da Universidade. “O dinheiro vai proporcionar a aquisição de kits mais modernos atendendo uma grande demanda de acadêmicos”.

Já o coordenador do curso de Engenharia de Alimentos, Gerson Ribeiro Homem, a compra de equipamentos interfere diretamente na qualidade da formação dos estudantes e, consequentemente, na qualidade dos serviços prestados por esses alunos que, futuramente, estarão na gerência de fábricas e indústrias.

“No caso da Engenharia de Alimentos, nós somos fundamentais para a contribuição de novas tecnologias de alimentos que, neste caso, interfere na saúde das pessoas, na produção de alimentos. Podemos ser precursores na prevenção de doenças, nos processos agroindustriais e de alimentos para o consumo e o curso pode colaborar diretamente com qualidade na formação dos acadêmicos”.

No caso da Engenharia de Alimentos, os recursos deverão ser utilizados para a aquisição de máquinas e equipamentos de utensílios para as áreas das engenharias, ciências e tecnologias. O coordenador enfatiza que a sociedade é carente e que a Universidade deve estar à disposição da transferência de tecnologias, contribuindo com a comunidade local e com a produção e construção do país.

Paulino Barroso Paulino Junior, coordenador da Gestão Ambiental, destacou que para o curso o foco de investimento será para a aquisição de equipamentos, softwares e mobiliários para três principais laboratórios: o de práticas de Gestão Ambiental; o de Geotecnologias Ambientais e o de Restauração Ambiental. “Vamos investir na aquisição de materiais de escritório, para as atividades de campo que darão suporte também para a segurança no trabalho, em softwares para o geoprocessamento, enfim, para uma série de atividades que atenderá a demanda, conforme um planejamento elaborado em grupo”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IGUATEMI
Tiro acidental mata homem durante pescaria no Sul do Estado
Bolsonaro e Fernández, da Argentina, têm primeira reunião bilateral
DIA DA AMIZADE
Bolsonaro e Fernández, da Argentina, têm primeira reunião bilateral
Novembro fecha com 1,3 mil casos de Covid, dobro de internações e 12 óbitos em Dourados
PANDEMIA
Novembro fecha com 1,3 mil casos de Covid, dobro de internações e 12 óbitos em Dourados
ECONOMIA
Dourados tem a 6ª maior arrecadação de ISS do Centro Oeste
UFGD
Pesquisadores criam alternativas no combate ao Aedes aegypti
BENEFÍCIO
Governo estadual paga 13° salário nesta terça-feira
CONGRESSO NACIONAL
Parlamento Amazônico será reativado no próximo dia 21
PANDEMIA
Covid-19: média dos últimos sete dias é de 521 mortes, segundo Fiocruz
CRIME AMBIENTAL
Criação ilegal de ave silvestre resulta em multa de R$ 5 mil para infrator
PARAÍSO DAS ÁGUAS
Cestas básicas apreendidas durante campanha eleitoral são doadas

Mais Lidas

DOURADOS
Primeira noite com novo toque de recolher tem flagrante de festa com 119 adolescentes
DOURADOS
Decreto é republicado por incorreção, agora com brechas para esporte coletivo e boliche
DOURADOS
Homem é preso com arma após ex-namorada correr até viatura da PM e denunciar ameaça
POLICIAL
Criminoso imita abordagem de polícia para cometer roubo em Dourados