Menu
Busca sábado, 31 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Coordenadoria encerra Campanha de 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher

11 dezembro 2017 - 15h05

“Foi uma ação de impacto positivo e atingimos um grande número de pessoas”, aponta a coordenadora de Políticas Públicas para as Mulheres, Sonia Pimentel, sobre o encerramento da Campanha ‘16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher’ em Dourados.

A ação, iniciada no dia 25 de novembro, envolveu a sociedade civil e poder público e levou várias atividades dentro da temática na sede do município, na aldeia e nos distritos.

A abertura contou com uma palestra de conscientização sobre a violência contra a mulher, na Vila Olímpica Indígena.  Blitz de panfletagem ocorreu na BR-163, em frente à sede da PRF (Polícia Rodoviária Federal), no terminal de transbordo e em diversos pontos de ônibus.

A coordenadora explica que esta ação priorizava horários de grande fluxo de pessoas nesses locais para uma orientação abrangente.

Dentro da programação, no sábado (02), ocorreu um dia de ação social na Praça Antonio João. Vários serviços de saúde e beleza foram oferecidos à população e as orientações quanto ao tema seguiram com panfletagem e rodas de conversa. O evento contou ainda com um aulão de zumba.

O Ônibus Lilás que visa levar atendimento aos locais distantes, cumpriu o papel de desenvolver ações de Justiça às mulheres em Vila Vargas, Macaúba, Vila São Pedro e Vila Formosa.

A coordenadora destaca que a conscientização foi trabalhada junto às mulheres para que se alertem a denunciar os fatos e também com os homens, no intuito da prevenção.

“Dourados ainda tem um índice preocupante de violência contra as mulheres e as campanhas são realizadas o ano todo para mudarmos esse cenário. Aonde chega a informação há a mudança de comportamento e o trabalho de conscientização é uma das diretrizes da administração”, disse.

Foram parceiros desta atividade a DAM (Delegacia de Atendimento a Mulher), PRF (Polícia Rodoviária Federal), o centro Viva Mulher, centro La Bela Face, Iegran, a Secretaria de Assistência Social, Guarda Municipal, Anhanguera, Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena) e Centro de Controle de Zoonoses.

Para denúncias de ações de violência contra a mulher, o telefone da DAM é 3421-1177. O Disque Denúncia atende pelo telefone 180. O Centro Viva Mulher atende vítimas desta situação e o telefone é 3424-5268.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

STF
Ministro suspende penhora de verbas públicas para satisfação de crédito de terceiro
ESTADO
Pescadores são flagrados e presos com 30 redes, petrechos e 20 kg de pescado
TRANSTORNOS
Pesquisa revela aumento da ansiedade entre brasileiros na pandemia
DOURADOS
Antevéspera de Dia de Finados já tem movimento nos cemitérios municipais
BRASIL
Com covid-19, ministro da Saúde segue internado em Brasília
DOURADOS
Outubro teve calorão recorde na primeira quinzena e terminou com tempestade
PANDEMIA
MS tem mais 346 confirmações e quatro mortes por Covid-19
SERRA DO MAR
Monitoramento na Mata Atlântica busca salvar onça-pintada
BRASIL
TRF3 mantém restrições à publicidade de produtos para lactantes e crianças de primeira infância
INTERIOR
Autuado por crime ambiental é preso pela dívida de pensão alimentícia

Mais Lidas

JÚRI
Assassinos de jovem após "tribunal do crime" em Dourados são condenados
VILA VARGAS
Hotéis em distrito de Dourados eram utilizados como entreposto do contrabando
DOURADOS
Homem suspeito de estuprar criança que saiu para comprar doce é colocado em liberdade
AVENIDA PRESIDENTE VARGAS
Titan com quase R$ 400 mil em multas é apreendida em Dourados