Menu
Busca terça, 07 de julho de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Conselho de defesa do consumidor autoriza uso de R$ 2,3 milhões para obras na feira livre

04 dezembro 2019 - 11h56Por André Bento

O Conselho Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor autorizou o aporte de R$ 2,3 milhões para compra de materiais e execução das obras de adequação da Feira Livre João Totó Câmara, em Dourados. As melhorias estruturais incluem cobertura da área e segundo a prefeitura, devem ser concluídas ainda neste mês.

Publicada na edição desta quarta-feira (4) do Diário Oficial do Município, a ata da mais recente reunião dos conselheiros, ocorrida ontem, revela que foram apresentados esclarecimentos em relação ao balancete do mês de julho de 2019, através da CI nº 1106/2019, enviada pela Secretaria Municipal de Obras Públicas.

Conforme a publicação, para atender a execução da 2ª fase da Feira Livre Central o Conselho Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor autorizou o valor total de R$ 2.316.999,00. Desse montante, R$ 1.925.484,85 foram empenhados.

Pelo Contrato nº 307/2016/DL/PMD, o empenho totalizou R$ 885.899,97 para atender despesas com a aquisição de estrutura metálica com cobertura do tipo toldo. No Contrato nº 403/2016/DL/PMD, a cifra empenhada totalizou R$ 26.800,00 para aquisição de tenda piramidal. Já o Contrato nº 306/2016/DL/PMD, firmado com a empresa HS Engenharia Ltda-EPP, garantiu o empenho de R$ 1.012.784,88 para despesas nas obras de construção que ainda estão em andamento.

No dia 14 de novembro, a prefeita Délia Razuk divulgou nas redes sociais vídeo para mostrar as obras e destacou que a Feira Central é um patrimônio cultural de Dourados e precisa ser uma referência para toda a população.

“Estamos preparando readequações para melhorar a vida dos feirantes na comercialização dos seus produtos e mais comodidade para os frequentadores, e está prevista para dezembro a inauguração da área coberta e das demais obras que estão sendo desenvolvidas no local”, disse a gestora.

De acordo com os registros da prefeitura, a Feira Livre Central de Dourados foi construída na antiga Chácara Rigotti, na Rua Cafelândia, no Jardim São Pedro, região sul de Dourados, numa área de 56,3 hectares. Inaugurada em novembro de 2016, teve as obras executadas pela H. S. Engenharia LTDA-ME, com investimento de R$ 5,5 milhões.

Ainda na ata da reunião do Comdecom, é detalhado que a conta corrente onde são depositadas as multas aplicadas pelo Procon tinha, até 29 de novembro, saldo de R$ 3.443.986,28. Em outra, para depósitos das taxas para expedição de Certidão Negativa de Violação dos Direitos dos Consumidores – CNVDC, havia R$ 465,02.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INFORME PUBLICITÁRIO
Tijolo Ecológico: O protagonista do seu projeto
FACÇÃO CRIMINOSA
Gaeco cumpre mandado de prisão em Dourados
TV DOURADOS NEWS
É preciso diminuir o perímetro urbano de Dourados, diz geógrafo Mário Tompes, sobre plano diretor
DOURADOS
Justiça intima Estado e município sobre denúncia de insuficiência de UTIs para pacientes com Covid-19
PANDEMIA
Chinesa SinoVac começa etapa final de testes da vacina contra covid-19
TRÊS LAGOAS
Bandido é amarrado e agredido por populares após arrombar casa
NOVA ANDRADINA
Jovem fica gravemente ferido após ser atropelado
FUTEBOL
CBF anuncia início do Brasileirão no início de agosto
TRÁFICO
Polícia encontra mais de 100kg de maconha abandonados em rodovia
COFRES PÚBLICOS
Economia com viagens e diárias na pandemia chega a R$ 199,6 milhões

Mais Lidas

DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
Acusado de matar secretário em Dourados acaba preso em barreira sanitária
DOURADOS
Carro que atingiu ciclista pega fogo após bater em árvore ao lado de Avenida
DOURADOS
Adolescente pilota moto embriagado e tio morre após queda na Coronel Ponciano