Menu
Busca terça, 01 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Conselho de defesa do consumidor autoriza uso de R$ 2,3 milhões para obras na feira livre

04 dezembro 2019 - 11h56Por André Bento

O Conselho Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor autorizou o aporte de R$ 2,3 milhões para compra de materiais e execução das obras de adequação da Feira Livre João Totó Câmara, em Dourados. As melhorias estruturais incluem cobertura da área e segundo a prefeitura, devem ser concluídas ainda neste mês.

Publicada na edição desta quarta-feira (4) do Diário Oficial do Município, a ata da mais recente reunião dos conselheiros, ocorrida ontem, revela que foram apresentados esclarecimentos em relação ao balancete do mês de julho de 2019, através da CI nº 1106/2019, enviada pela Secretaria Municipal de Obras Públicas.

Conforme a publicação, para atender a execução da 2ª fase da Feira Livre Central o Conselho Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor autorizou o valor total de R$ 2.316.999,00. Desse montante, R$ 1.925.484,85 foram empenhados.

Pelo Contrato nº 307/2016/DL/PMD, o empenho totalizou R$ 885.899,97 para atender despesas com a aquisição de estrutura metálica com cobertura do tipo toldo. No Contrato nº 403/2016/DL/PMD, a cifra empenhada totalizou R$ 26.800,00 para aquisição de tenda piramidal. Já o Contrato nº 306/2016/DL/PMD, firmado com a empresa HS Engenharia Ltda-EPP, garantiu o empenho de R$ 1.012.784,88 para despesas nas obras de construção que ainda estão em andamento.

No dia 14 de novembro, a prefeita Délia Razuk divulgou nas redes sociais vídeo para mostrar as obras e destacou que a Feira Central é um patrimônio cultural de Dourados e precisa ser uma referência para toda a população.

“Estamos preparando readequações para melhorar a vida dos feirantes na comercialização dos seus produtos e mais comodidade para os frequentadores, e está prevista para dezembro a inauguração da área coberta e das demais obras que estão sendo desenvolvidas no local”, disse a gestora.

De acordo com os registros da prefeitura, a Feira Livre Central de Dourados foi construída na antiga Chácara Rigotti, na Rua Cafelândia, no Jardim São Pedro, região sul de Dourados, numa área de 56,3 hectares. Inaugurada em novembro de 2016, teve as obras executadas pela H. S. Engenharia LTDA-ME, com investimento de R$ 5,5 milhões.

Ainda na ata da reunião do Comdecom, é detalhado que a conta corrente onde são depositadas as multas aplicadas pelo Procon tinha, até 29 de novembro, saldo de R$ 3.443.986,28. Em outra, para depósitos das taxas para expedição de Certidão Negativa de Violação dos Direitos dos Consumidores – CNVDC, havia R$ 465,02.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Menina de seis anos tem nariz reconstruído após levar tiro de fuzil
FRONTEIRA
Menina de seis anos tem nariz reconstruído após levar tiro de fuzil
STF
Nunes Marques adia decisão sobre bloqueio de perfis por Bolsonaro
CAPITAL
Para traficar drogas, homem escondia maconha no guarda-roupa de filhos
FÓRMULA 1
Pietro Fittipaldi substituirá Grosjean na Haas e Brasil volta a F-1
DENÚNCIA
Mulher é presa por deixar filhos sozinhos para consumir drogas
UEMS
Inscrições para Mestrado e Doutorado em Recursos Naturais terminam na quinta
Mulher é presa levando droga ao filho em preso em dobra de cobertor
BANDEIRA VERMELHA
Conta de luz voltará a ter taxa extra a partir de amanhã, e a mais cara
Jovem encontrado morto no rio Aquidauana tinha 21 anos
BALANÇO
Desmatamento na Amazônia cresce 9,5% em um ano, aponta Inpe

Mais Lidas

DOURADOS
Primeira noite com novo toque de recolher tem flagrante de festa com 119 adolescentes
DOURADOS
Decreto é republicado por incorreção, agora com brechas para esporte coletivo e boliche
DOURADOS
Homem é preso com arma após ex-namorada correr até viatura da PM e denunciar ameaça
POLICIAL
Criminoso imita abordagem de polícia para cometer roubo em Dourados