Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Conferência discute direitos de pessoas com deficiência

16 junho 2015 - 10h04

Acontece durante toda a terça-feira (16) no auditório da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados), a 1ª Conferência Regional dos Direitos da Pessoa com Deficiência. De acordo com Alex Morais, presidente do Centro de Apoio ao Deficiente Físico de Dourados, o objetivo é buscar mudar algumas leis com respeito à acessibilidade de pessoas com deficiência, como por exemplo, aumentar a quantidade de ônibus com acesso a deficientes e capacitar os funcionários das empresas de transporte, para auxiliar os mesmos.

“Essa é a primeira regional, depois tem a estadual que acontecerá em Campo Grande e em seguida a federal em Brasília. A conferência tem o intuito de tentar mudar algumas leis em relação à acessibilidade de pessoas com deficiência, um exemplo é em relação aos que estacionam em vaga para deficientes, buscamos que a pessoa além de pagar uma multa, também faça uma reciclagem ou algo do tipo, que seja uma penalidade mais severa”, explica Alex.

Questionado sobre como é a vida do deficiente em Dourados, Morais afirma que precisa melhorar em muitos aspectos, pois nem todos os locais são adaptados para os cadeirantes, entre eles, órgãos públicos que não contém rampas ou elevadores.

“Ainda encontramos muitas dificuldades de barreiras, tem locais que não tem acesso para deficientes. No centro ainda conseguimos nos locomover, mas as rampas são inadequadas, muitos não respeitam a vaga para cadeirantes, alguns órgãos públicos não têm rampas ou elevadores, apenas escada e isso dificultam para nós. Então nesta conferência buscamos solucionar alguns desses problemas e melhorar em outros”, conta o presidente.

Durante a abertura teve uma apresentação de dança de com a participação de uma deficiente física. Durante a manhã acontece ainda uma palestra, ministrada pelo promotor de justiça Izonildo Gonçalves de Assunção Júnior.

Entre os municípios participantes estão Caarapó, Deodápolis, Douradina, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Rio Brilhante e Vicentina. Além de entidades governamentais e não governamentais.

De acordo com Alex, a discussão envolve diretamente os deficientes, pois eles vivem a situação e podem identificar como melhorar a acessibilidade deles dentro do município que residem.

“Ninguém melhor que eles para são deficientes, pois eles que necessitam de uma melhor acessibilidade e sabem onde deve mudar ou melhorar”, explica.

Veja a programação:

07h credenciamento

08h Abertura Oficial

08h30 Leitura e aprovação do regimento interno

08h45 Palestra com o tema “O desafio na implementação das Políticas da Pessoa com Deficiência: A transversalidade como a radicalidade dos humanos”

10h Debate

11h30 intervalo para almoço

13h as 15h – Credenciamento dos delegados (as)

13h – Discussões e elaboração das propostas dos eixos por grupo:

Eixo I: Identidade e gênero e raça, Diversidade sexual e geracional

Eixo II: Órgãos gestores e de instância de participação social

Eixo III: Interação entre os poderes federados

15h Intervalo

15h15 Apresentação e aprovação das propostas por eixo

17h Eleição dos delegados

18h Encerramento

Apresentação durante a abertura do evento

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Foragido da Justiça de 19 anos sofre tentativa de homicídio na fronteira
PRESIDENTE INVESTIGADO
STF tira do plenário virtual discussão sobre depoimento de Bolsonaro
TRÁFICO
Traficante de disk-droga é preso com porções de cocaína, moto e dinheiro
AJUDA
Caixa detalha calendário de pagamentos do auxílio emergencial extensão
CAPITAL
Hóspede é encontrado morto dentro de banheiro de hotel
FUTEBOL
CBF divulga tabela da 16ª à 20ª rodada; Fla fará dois jogos em 50 horas
REGIÃO
Polícia desarticula grupo que agia em cidades da região do Vale do Ivinhema
MADEIRA
Queimadas no Pantanal destroem oito pontes nas MS-243 e MS-195
BONITO
Vítima de estelionato arma emboscada e ajuda a prender golpista
TECNOLOGIA
Aplicativo do Detran-MS recebe atualização para serviços pelo celular

Mais Lidas

POLÍCIA
Comerciante morre em acidente na MS-276
REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Festa com mais de cem pessoas é encerrada no Novo Horizonte