domingo, 23 de janeiro de 2022
Dourados
38°max
24°min
Campo Grande
35°max
23°min
Três Lagoas
39°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
DEZEMBRO VERMELHO 

Com avanços no tratamento, preconceito ainda é o maior 'adversário' na luta contra a Aids 

02 dezembro 2021 - 07h57Por Wender Carbonari

A Aids, descoberta no início dos anos 1980, assombrou milhões de pessoas no mundo todo. Após décadas, as formas de tratamento passaram por avanços que proporcionaram aos portadores do vírus a possibilidade de levar uma vida normal. 

Porém, mesmo com estas mudanças conquistadas no decorrer de quatro décadas, temas como HIV/Aids seguem sendo um tabu. Para profissionais que trabalham diariamente nesta área, o preconceito acaba sendo um dos principais ‘adversários’ na luta contra esta doença. 

Nessa quarta-feira (1/12), Dia Mundial de Luta Contra a Aids e início da campanha ‘Dezembro Vermelho’, profissionais de saúde de Dourados realizaram diversas atividades voltadas a conscientização sobre esta doença sexualmente transmissível e que ataca o sistema imunológico.   

O Dourados News esteve ontem (1) na Praça Antônio João para acompanhar parte das ações coordenadas pelo Programa Municipal de IST/AIDS e Hepatites Virais. ‘Kits’ com panfletos informativos e preservativos foram distribuídos, além de orientação direta com especialistas. 

“Eu costumo dizer para eles [pessoas que vivem com HIV positivo] que a doença deixa de ser física e passa a ser mental. Quando você toma o remédio, você não vai ter mais a doença física, mas a existe uma tristeza que pode virar depressão, tudo isso gerado pelo fato de você ser portador do vírus. Pois o peso é emocional e social”, comentou a médica Cindi Melo.

Se nos anos 1980 e início de 1990 o tratamento, ainda incipiente, era composto por mais de 30 comprimidos. Atualmente, são apenas dois que devem ser tomados diariamente. Em até seis meses, a carga viral é negativada sem a danificação do sistema imunológico.  

“Existe sim qualidade de vida. Uma vida completamente normal. A única diferença é a necessidade de tomar dois comprimidos por dia”, disse a psicóloga, Gesielli Ramos Belo Custódio. Ela acompanha pacientes do SAE (Serviço de Ambulatório Especializado)/CTA (Centro de Testagem e Aconselhamento).

Gesielli também falou sobre sua atuação como psicóloga no Programa Municipal voltado ao acompanhamento de pessoas com HIV positivo em Dourados – (Crédito: Hedio Fazan/Dourados News)

Tratamento

A psicóloga Gesielli Ramos salientou ainda que existem comprimidos voltados a prevenção contra o HIV/Aids que impede que vírus se estabeleça pelo corpo, como é o caso do PrEP (Profilaxia Pré-Exposição ao HIV). Trata-se de uma combinação de dois medicamentos que deve ser tomado em até 72 horas após a exposição ao vírus. 

Já o PEP (Profilaxia Pós-Exposição ao HIV) combina medicamentos antirretrovirais, para pessoas que foram expostas ao vírus, mas acabou passando de 72 horas após o ato sexual, seja com consentimento, estupro, camisinha estourada, entre outras situações.

Serviço

Para ter acesso a preservativos, realizar teste rápido ou se informar sobre o tratamento, qualquer pessoa pode procurar o Programa Municipal IST/AIDS e Hepatites Virais. 

O órgão funciona de segunda a sexta, das 7h às 13h, na Rua dos Missionários, nº 420, no bairro Jardim Caramuru. O telefone para contato é o (67) 3423-9150.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Governador do Rio detalha ações do programa Cidade Integrada
BRASIL

Governador do Rio detalha ações do programa Cidade Integrada

Terceira Turma realizará primeiras sessões de fevereiro por videoconferência
STJ

Terceira Turma realizará primeiras sessões de fevereiro por videoconferência

BRASIL

PDT questiona medidas de desestatização da companhia de saneamento do RS

BRASIL

Mostra de Tiradentes discute mudanças do cinema em meio à pandemia

Distrito Federal inicia vacinação de crianças a partir de 6 anos
COVID-19

Distrito Federal inicia vacinação de crianças a partir de 6 anos

MS

No período de férias, Bombeiros alertam para cuidados durante as trilhas

PANDEMIA

STJ convoca sessão extraordinária do Pleno para discutir retorno das atividades presenciais

COVID-19

Reforço de marca diferente é mais eficaz para vacinados com CoronaVac

BRASIL

Livraria do STF disponibiliza downloads gratuitos de obras

V Concurso Extrajudicial

TJ convoca candidatos para prova escrita e prática no dia 6 de fevereiro

Mais Lidas

REGIÃO

Grave acidente deixa oito mortos em rodovia

DOURADOS

Morto em confronto, além de ser suspeito de morte de menor, tinha extensa ficha criminal

DOURADOS

Dois são flagrados com droga na PED

TRÁFICO DE DROGAS

Cocaína que saiu da região de fronteira do MS é interceptada em SP