Menu
Busca sábado, 23 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
DOURADOS

Comerciantes apostam no dólar alto para vender ovos de Páscoa

12 fevereiro 2016 - 07h46

Com o dólar na faixa de R$ 4, os comerciantes do ramo alimentício em Dourados tem boas perspectivas de vendas para a Páscoa. O fato deve fazer com que a maioria dos populares da cidade e da região deixe de ir para o Paraguai para comprar os ovos de chocolate como era costume anteriormente e assim aumentar o fluxo nos supermercados e distribuidoras locais.

Nos supermercados já se encontram os itens tradicionais da data e há uma procura tímida pelos produtos, cenário que deve mudar nos próximos dias.

Para Joilson Martins, que trabalha em um estabelecimento, a estimativa é que a venda dos ovos de chocolate obtenha um crescimento de 20% nesse ano em relação ao anterior. Ele cita que os consumidores já têm comprado os itens e que acredita que a “saída” desses irá ser melhor a partir da próxima quinzena.

“O ramo alimentício conta com um crescimento bom ultimamente. Quanto aos ovos, no ano passado, na semana da Páscoa já não tinha mais para vender, então esse ano aumentei o pedido e acredito nessa melhora na venda que deve crescer bem nos próximos dias e no mês que vem”, disse.

Uma fábrica de chocolates local já está com a produção aquecida e estima o repasse de 22 toneladas do produto para Dourados e região.

Para Rubens Luiz Triaca, gerente do estabelecimento, o que deve mudar neste ano é a procura maior por itens em tamanho menor e também por tabletes e trufas. Ele cita que muitos buscam comprar para produzir ovos caseiros e reforçar a renda familiar e ainda para presentear.

“Vemos que nesse ano as pessoas tem buscado mais material para confeccionar os ovos como as barras e os bombons para buscar reforço nas finanças, com isso já fizemos dois cursos de incentivo a produção. Penso que quem estiver “apertado” não vai deixar de comprar, mas vai procurar o menor, mais em conta e nossa boa perspectiva é quanto ao aumento de vendas por conta do dólar, o que vai com certeza fomentar a economia local e traz uma boa esperança”, citou.

Triaca cita que os aumentos anunciados polo governo no IPI (Imposto Sobre Produstos Industrializados) do chocolate pode fazer com que os produtos sofram um reajuste nos próximos dias, mas que ainda não é possível ter uma previsão correta quanto a isso.

“Ainda está um pouco incerta essa questão, eu espero que não seja muito notável, pois, caso contrário reflete direto no bolso do consumidor”, disse.

Para Edson Luiz Daniel Dutra, gerente de um estabelecimento, a aposta de boas vendas também á alta do dólar. Ele cita que tem encontrado dificuldades para a realização do pedido para grandes fornecedores, mas que isso deve ser logo solucionado e que não acredita na sobra de produtos para “queima”.

“Pensamos que a venda será impulsionada por esse fator e que deve crescer principalmente mais para próximo da data mesmo. Como ocorreu no ano passado, penso que no dia da comemoração os ovos devem acabar completamente e não sobrarão para promoções posteriores”, comenta.

Ovos de médio tamanho e bombons devem ter boa saída (Foto: Gizele Almeida)

Nas parreiras, alguns já escolhem ovos e pesquisam preços. É o caso de Juliana Alves dos Santos, assistente administrativa, que já comprou ovo de chocolate para o filho e tem verificado preços para comprar em maior quantidade os produtos no próximo mês. Ela cita que percebeu um aumento no valor em relação ao ano passado e que com isso irá procurar bons preços e optará por tamanhos razoáveis para poder presentear a família.

“Comprei o do filho para agora, mas quando chegar perto vai querer outro e vou ter que comprar vários, pois tem as crianças da família e são muitas. O valor subiu pelo menos uns R$5 pelo que vi, mas quando for comprar mais para frente vou analisar melhor e para não deixar ninguém sem, vejo que vou ter que optar pelos médios, não do grande como era de costume”, citou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Novos profissionais comemoram graduação em Medicina na UFGD
LEGISLATIVO
Projeto susta decisão da Receita Federal sobre exportação de suco de laranja
Jiboia é capturada nos fundos de residência em Bonito
MEIO AMBIENTE
Jiboia é capturada nos fundos de residência em Bonito
PANDEMIA
Número de casos de Covid-19 chega a 8,75 milhões no Brasil
REGIÃO
Sanesul apresenta investimentos em saneamento à prefeitura de Água Clara
IMUNIZAÇÃO
Projeto exige dados sobre raça, sexo e pessoa com deficiência em notificações de Covid
ESPORTE
Juventude bate Figueirense e segue na luta pelo acesso à Série A
Fisioterapia e Farmácia estão entre as profissões que mais crescem na pandemia
R$ 7,9 MILHÕES
Rede de coleta de esgoto avança em Guia Lopes da Laguna
Vestibular 2021
Em Amambai, Uems oferece vagas para cursos de Ciências Sociais e História

Mais Lidas

CENTRO
Primeiro acidente de trânsito com vítima fatal neste ano é registrado em Dourados
DOURADOS
Segundo corpo encontrado às margens da BR-163 é identificado
VIAGEM SANTA
PF deflagra operação contra tráfico de drogas em empresas de turismo religioso de Dourados
DOURADOS
Um dos corpos encontrados às margens da BR-163 foi quase decapitado