Menu
Busca quarta, 12 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
PANDEMIA

Mês de afrouxamento de regras, julho teve maioria das mortes por Covid-19 em Dourados

31 julho 2020 - 09h09Por Jessica Beatriz

No dia 28 de março, Dourados confirmou o primeiro caso do novo coronavírus no município e até o final de junho havia confirmado 26 óbitos em decorrência da doença, ou seja, as mortes ocorreram no período de três meses. Neste sentido, julho se tornou o mês mais mortal, visto que nesse período 29 pessoas foram a óbito. 

Ao todo, 55 moradores de Dourados morreram devido ao coronarírus. O mês de julho também foi marcado pela morte de três médicos que atuavam na linha de frente do combate à pandemia em hospitais do município. As mortes ocorreram em menos de 20 dias de diferença.

Além disso, julho iniciou com 2.670 casos confirmados e até ontem (30.7) já somava 4.277 pessoas infectadas pela doença, de acordo com o boletim do Comitê de Gerenciamento de Crise do Coronavírus. No início deste mês, 11 pessoas de outras localidades que estavam hospitalizadas em Dourados tinham ido a óbito por causa do coronavírus. Esse número chegou a 22 no final deste mês. 

Desde o começo da pandemia, a prefeitura municipal publicou vários decretos para adoção de medidas de modo a conter o avanço do coronavírus, porém, ao contrário do que fez no dia 23 de março, quando o município ainda não tinha nenhuma morte registrada e, mesmo assim, restringiu a atuação do comércio e definiu pelo toque de recolher à população, as medidas posteriores foram mais brandas.

Em julho, por exemplo, no pior mês da doença no município, foi publicado um decreto com flexibilização do horário do comércio, liberando o funcionamento de igrejas e estúdios de atividades físicas, com uma série de restrições. Além disso, foi imposto o lockdown aos domingos, medida que não se mostrou efetiva para melhorar o índice de isolamento social, como relatado pelo Dourados News.

Na quinta-feira (30), foi publicado o decreto n° 2.788, ampliando o horário de funcionamento do shopping e restaurantes, enquanto o decreto nº 2.787 de 30 de julho de 2020 estabeleceu novo horário de validade para o toque de recolher que será das 22h às 5h.

Primeira morte por coronavírus em Dourados

Conforme informado pelo Dourados News, a primeira morte de um morador do município ocorreu no dia 26 de abril. A vítima, Antonio Muller, de 56 anos, era residente no Jardim Canaã I, e trabalhava como caminhoneiro. Ele foi a óbito no Hospital Regional de Araguaína, município no norte do Tocantins, onde foi cremado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Congresso marca três reuniões para analisar todos vetos presidenciais
REFORMA TRIBUTÁRIA
Comissão avalia situação dos estados nesta quarta
CASAS POPULARES
Agência de habitação faz pré-seleção para novas moradias em Taquarussu
DOURADOS
População ainda pode participar de questionário para novo Plano Diretor
MUNDO NOVO
Homem é preso por tráfico e violência doméstica
AÇÃO CONJUNTA
Bitrem com carga de madeira ilegal é apreendido e empresa multada em mais de R$ 10 mil
BRASIL
Publicado guia com novos critérios para triagem de doadores de sangue
ANTÔNIO JOÃO
Foragido da Justiça é preso durante ação da Polícia Civil
PANDEMIA
Acordo proíbe consumo de bebidas na Capital entre 13 e 16 de agosto
BRASIL
Conselho do FGTS aprova distribuição de R$ 7,5 bi para trabalhadores

Mais Lidas

DOURADOS
Suspeito de atropelar motociclista durante racha na BR-163 se apresenta à polícia
DOURADOS
Amigos vão procurar homem e encontram corpo em avançado estado de decomposição
DOURADOS
Motociclista é atingido por veículo que praticava "racha' e tem fratura exposta
CORGUINHO
Jovem morre após sofrer acidente durante passeio de moto com amigos