Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Com 3,1 mil pessoas, fila de espera por Raio-X pode levar um ano para zerar

05 março 2020 - 11h57Por André Bento

A fila de espera pelo exame de Raio-X em Dourados tem atualmente 3.111 pessoas e pode levar mais de um ano para ser zerada. Essas informações foram levantadas pelo MPE-MS (Ministério Público Estadual) em investigação instaurada para apurar eventual ausência desse serviço na rede pública de saúde da macrorregião, bem como empreender medidas colaborativas para acolhimento dos pacientes até então desassistidos.

Como parte desse procedimento, na terça-feira (3) o promotor de Justiça Etéocles Brito Mendonça Dias Júnior recebeu para reunião a secretária municipal de Saúde, Berenice de Oliveira Machado Souza, o superintendente do Hospital Evangélico, Wesley Macedo Ferreira, o diretor administrativo-financeiro da unidade hospitalar, Filipe Cunha, e o procurador do município Ilo Rodrigo de Farias Machado.

Conforme a ata obtida pelo Dourados News, a gestora municipal da saúde apresentou dados atualizados segundo os quais 2.509 pessoas residentes no município e 602 na macrorregião seguem na lista de fila de espera para exames de raio-X.

Questionados, os representantes do Hospital Evangélico pontuaram que em tese é possível uma pactuação direta com o município para prestar esses atendimentos. Contudo, informam que “a tabela SUS está muito defasada, pois paga apenas por exame de Raio-X Tórax PA, R$ 6,88, e PA/PERFIL, R$ 9,50”. “Ambos custariam no mínimo 25 reais”, detalharam.

O hospital também “precisaria pelo menos cobrir os custos do exame para se mostrar viável a prestação do serviço”. “Feito isso, o HE conseguiria fazer cerca de 180 exames por mês, sendo que a demanda atual implicaria numa dedicação de pelo menos treze meses”, acrescenta a ata.

Por fim, os representantes do hospital afirmaram que “sobre tomografia, hoje o aparelho do HE está temporariamente parado, mas assim que voltar a funcionar, conseguiria, pelo valor de uma tabela e meia por exame, prestar o serviço pela meta de cerca de 180 exames/mês”.

Como encaminhamentos na busca por solucionar essa questão, foi estabelecido pelo MPE prazo de 15 dias corridos “para a apresentação, pelo Município, de resultado das tratativas com os hospitais da região para instituição de serviço extra de RAIO-X”.

O promotor de Justiça também determinou que seja solicitado ao Hospital Missão Evangélica Caiuás “detalhes sobre as tratativas já feitas com o Município de Dourados/MS para a prestação complementar de exames de RAIO-X, detalhando, inclusive, o resultado” de reunião agendada para esta quinta-feira (5).

Instaurado pela 10ª Promotoria de Justiça da Comarca em 7 de janeiro de 2019, o Inquérito Civil número 06.2019.00000005-2 chegou a identificar 6 mil pacientes na fila de espera, número que chegou a quase 8 mil e posteriormente caiu para 3.003.

O MPE já apurou que o HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) faz 40 procedimentos por semana e o Hospital da Vida 70, com atendimento de domingo a domingo em regime de mutirão fora da demanda própria.

Além disso, o PAM reativou o serviço com 35 exames diários, de segunda-feira a sexta-feira, em horário comercial, e atende a demanda reprimida em separado, com 15 exames por dia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Convênio prevê 60 parcelas de R$ 215 mil para Missão Caiuá
CORUMBÁ
Mulher é autuada por atear fogo em resíduos na região do Pantanal
MATO GROSSO DO SUL
Neno Razuk distribui R$ 1,2 mi em emendas e realiza ações contra a Covid-19 durante a pandemia
FUTEBOL
Com vitórias simples nesta terça, Grêmio e Inter irão às oitavas da Libertadores
É LEI EM MS
Trote vai render multa de R$ 400 em MS
DOURADOS
Prefeitura aciona a Justiça para fazer licitação de R$ 23 milhões barrada pelo TCE
PANDEMIA
MS se aproxima de 69 mil casos de coronavírus e soma 1.293 óbitos
CPF NA NOTA
Sul-mato-grossense tem nova chance com 8º sorteio do Nota MS Premiada
RIBAS DO RIO PARDO
Advogado é autuado em R$ 27 mil por desmatamento ilegal em fazenda
LEGISLATIVO
Câmara de Dourados aprova projetos de Lei durante sessão ordinária

Mais Lidas

POLÍCIA
Comerciante morre em acidente na MS-276
REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Festa com mais de cem pessoas é encerrada no Novo Horizonte