Menu
Busca sábado, 23 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
SAÚDE

Centro de Reabilitação atenderá 34 municípios da Grande Dourados

30 dezembro 2015 - 11h16

O Centro Especializado em Reabilitação (CER) que está em construção no bairro Terra Roxa, em Dourados, irá atender pacientes de 34 municípios da região. A estrutura terá capacidade para atender 1,5 mil pacientes.

A construção do CER foi viabilizada pelo deputado federal Geraldo Resende (PMDB) em parceria com a Prefeitura de Dourados. O investimento feito pelo Ministério da Saúde deve somar R$ 2,5 milhões. Quase metade da obra já foi executada.

O CER contará ainda com profissionais capacitados e habilitados para prestar atendimento de 12 horas por dia, de segunda a sexta-feira. Com essa estrutura, os pacientes não terão mais que sair do município para receber atendimentos especializados.

“O objetivo do CER é garantir um amplo serviço de assistência à saúde, promovendo a reabilitação e a reintegração social de pessoas com deficiência”, explica o deputado.

Um dos militantes da luta pela implantação da unidade na região, o diretor da Associação Alecrim, Ronaldo Ferreira Gomes, explica que o CER vai beneficiar muitas pessoas com deficiência, principalmente crianças. “O Centro em Reabilitação trará mais qualidade de vida. Hoje, não há atendimento especializado na região e quem precisa tem que recorrer a outros estados”, salienta Ronaldo que tem um filho de 17 anos com paralisia cerebral.

De acordo com a construtora Vizzotto Engenharia, que executa a obra, a construção está na fase estrutural, que contempla o levantamento de paredes, a concretagem de pilares e a implantação do sistema hidráulico. A próxima fase é instalação de uma cobertura metálica no prédio. A expectativa é que a unidade fique pronta até junho de 2016.

Esse projeto só foi possível graças a articulação feita pelo deputado Geraldo Resende, com o apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e de instituições como a Associação Alecrim. A iniciativa faz parte do Plano “Viver Sem Limites” e resultou na escolha de Dourados para figurar entre as 45 cidades selecionadas pelo governo federal para receber o Centro Especializado em Reabilitação, no Brasil.

O funcionário público Arcelino Arce, de 45 anos, que possui uma deficiência física, disse que o CER é muito importante, tanto para a cidade como também para todo o Mato Grosso do Sul. “Dourados ainda precisa avançar muito na luta pela saúde e no trabalho para a inclusão das pessoas com deficiência. A construção desse Centro é um grande passo para isso”, enfatiza.

De acordo com o Censo de 2010, 45 milhões de pessoas que se autodeclaram pessoas com deficiência. O número representa 24% da população do país.




Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Vagas para Engenharia de Alimentos, Química e Direito em Naviraí
EDUCAÇÃO
Novos profissionais comemoram graduação em Medicina na UFGD
LEGISLATIVO
Projeto susta decisão da Receita Federal sobre exportação de suco de laranja
Jiboia é capturada nos fundos de residência em Bonito
MEIO AMBIENTE
Jiboia é capturada nos fundos de residência em Bonito
PANDEMIA
Número de casos de Covid-19 chega a 8,75 milhões no Brasil
REGIÃO
Sanesul apresenta investimentos em saneamento à prefeitura de Água Clara
IMUNIZAÇÃO
Projeto exige dados sobre raça, sexo e pessoa com deficiência em notificações de Covid
ESPORTE
Juventude bate Figueirense e segue na luta pelo acesso à Série A
Fisioterapia e Farmácia estão entre as profissões que mais crescem na pandemia
R$ 7,9 MILHÕES
Rede de coleta de esgoto avança em Guia Lopes da Laguna

Mais Lidas

CENTRO
Primeiro acidente de trânsito com vítima fatal neste ano é registrado em Dourados
DOURADOS
Segundo corpo encontrado às margens da BR-163 é identificado
VIAGEM SANTA
PF deflagra operação contra tráfico de drogas em empresas de turismo religioso de Dourados
DOURADOS
Um dos corpos encontrados às margens da BR-163 foi quase decapitado