Menu
Busca quinta, 22 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Com 100 denúncias no ano, escorpiões já feriram nove pessoas

06 dezembro 2017 - 09h54Por Guilherme Pires

Eles podem ser pequenos, no entanto, se o efeito da picada não for interrompido imediatamente, leva a óbito. Só este ano em Dourados, o Centro de Controle de Zoonoses da cidade já atendeu cerca de 100 denúncias relacionadas a capturas de escorpiões e já realizou pelo menos 240 orientações de como agir quando a pessoa é picada. 

A bióloga Rosana Alexandre da Silva que trabalha no CCZ da cidade informou que só neste ano, nove pessoas foram picadas por escorpiões. “Em Dourados nove pessoas já sofreram algum acidente com escorpião, nenhum de forma grave”, mencionou. 

Com objetivo de promover o controle, foram realizadas ao longo ano, ações sobre Educação em Saúde. “Realizamos 240 orientações de Educação em Saúde por meio de palestras, panfletagens e orientações”, afirmou a bióloga Rosana que destacou ainda as áreas com maior índice de casos. 

“Em Dourados os bairros mais atingidos são as regiões do Água Boa, Santo André, Parque Alvorada, Flórida, Novo Horizonte, BNH IV Plano, Santa Fé e Monte Carlo”, pontuou.

Mas o que fazer quando você ou alguém é picado? Rosana afirma que a primeira medida é água e sabão.

“Se a pessoa for picada, a primeira coisa a ser feita, é lavar a região com água e sabão e depois procurar uma unidade básica de saúde e hospitalar”. 

Prevenção

Este tipo de animal peçonhento prefere locais sujos como acumulo de entulho, caixas de gorduras, fossas.

“Na área externa, medidas como limpar sempre o quintal, armazenar bem e de forma correta o lixo, não deixar acumular mato, grama alta e até mesmo realizar o controle de animais como baratas, aranhas e insetos em gerais, contribui para que o escorpião fique longe”, disse Rosana. 

A limpeza de terrenos baldios também não fica de fora, vale ressaltar que o dono que não realizar o controle do mato e lixo regularmente, pode ser autuado e até multado, como já noticiado pelo Dourados News. [Relembre aqui].

Área interna 

Os cuidados não param na parte externa da casa, na área interna é fundamental ações como. “Rebocar as paredes, tampar vãos de portas, tijolos, arrastar camas e berços da parede e manter os ralinhos do banheiro, lavanderia, pias e tanques fechados”, comentou Rosana concluindo sobre que se fosse possível ditar moda, esta seria a do desapego. 

“Se fossemos ditar moda hoje, seria desapegar de tudo aquilo que pode ser um atrativo para o escorpião”, concluiu. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Ipea revisa para cima projeção da taxa do PIB no setor de agronegócio
CHAPA ÚNICA
Indústria frigorífica de MS elege nova diretoria do Sicadems para o triênio 2020/2023
CULTURA
Fundação prorroga inscrições da Lei Aldir Blanc para artistas de MS até dia 30
CAMPO GRANDE
Polícia Civil apreende cocaína e prensas usadas para remodelar tabletes
PANDEMIA
Decreto estabelece normas de biossegurança para o Dia de Finados em Dourados
JUSTIÇA
Fux diz que atuação do STF na pandemia está na vanguarda mundial
BRASIL
Receita abre amanhã consulta ao lote residual de restituição do IRPF
CULTURA
FCMS lança mais seis editais da Aldir Blanc no valor de R$ 1,4 milhão
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Projetos buscam garantir vacinação da população brasileira contra Covid-19
NA CAPITAL
Com cocaína, homem tenta fugir de policiais e colide carro em viatura

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente entre carreta e motocicleta mata mulher na BR-163
HOMICÍDIO EM 2013
Condenada pela morte do ex em Dourados é presa na Capital
DOURADOS
Motorista bêbado causa acidente em semáforo da Avenida Marcelino Pires
DOURADOS
Carona de motociclista que morreu em acidente com carreta corre risco de ter perna amputada