Menu
Busca domingo, 05 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Campanha “Dourados sem Dengue” vistoria 11 mil casas em cinco dias

25 fevereiro 2013 - 12h25

A intensificação da campanha “Dourados sem Dengue” é cada vez maior, principalmente por conta do período chuvoso e da probabilidade de aumento da proliferação do mosquito Aedes aegypti nessa época do ano. O trabalho vem sendo feito pela Secretaria de Saúde desde janeiro, por determinação do prefeito Murilo.

Em apenas cinco dias, as equipes de combate à dengue efetuaram a vistoria em pelo menos 11.400 domicílios.

Do dia 15 ao dia 20 de fevereiro, conforme relatório do Departamento de Vigilância em Saúde, foram visitados imóveis em dez regiões: Izidro Pedroso, Vila Hilda, Vila Adelina, Jardim Santa Maria, Parque das Nações, II, Vila Erondina, Vila Matos, chácaras Síria Rasselen e Cidélis, a área central e ainda o todo o distrito de Macaúba.

Em todos estes locais foram feitos mutirões com a participação de equipes de agentes de endemias, equipes de vistoria de casas de imobiliárias, de educação em saúde, supervisores do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) e agentes comunitários de saúde. As ações têm apoio de funcionários da Secretaria de Serviços Urbanos na limpeza e retirada de lixo.

Os agentes envolvidos nas ações conseguiram identificar e eliminar 170 focos do mosquito da dengue. Foram identificados também 70 terrenos baldios com sujeira e seus proprietários foram notificados para fazer a limpeza, sob pena de serem enquadrados na chamada Lei da Dengue.

Desde o início da campanha já foram feitas 50 mil visitas domiciliares e eliminados 501 focos do mosquito. Outros 489 terrenos baldios foram notificados.

Dourados continua seguindo o perfil do Estado, com aumento do número de casos, porém com incidência ainda baixa. Até três semanas atrás Dourados aparecia como o 59º entre os 78 municípios do Estado quanto à incidência de notificações para 100.000 habitantes.

Em seguida a posição piorou e o município passou a ocupar a 52ª posição, mas na semana passada os números revelam que Dourados melhorou sua condição, assumindo o 55º lugar. Até a manhã desta segunda-feira eram 237 casos confirmados de dengue.

Para a Secretaria de Saúde, essa colocação é confortável do ponto de vista global, principalmente porque na maioria dos municípios vizinhos a situação é de alta incidência, o que contribui para o aumento de casos em Dourados. Entretanto, o secretário Sebastião Nogueira afirma que é preciso continuar com o trabalho nos bairros e manter o alerta para evitar uma epidemia. “A população precisa nos ajudar diariamente na luta contra a dengue”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Rio terá turnos de trabalho para não lotar transporte público
PREVENÇÃO
Direção Viva alerta sobre importância de higienizar veículos automotores como prevenção contra o Coronavírus
STF
Ministro julga inviável ação do PDT contra suspensão de prazos do Enem 2020
CULTURA
CCBB Educativo disponibiliza acervo digital de arte-educação
BRASIL
Combate à pandemia mobiliza voluntários em diversas frentes
COVID-19
Barreiras sanitárias abordaram 13,6 mil pessoas em MS
MUNDO
Papa inicia Semana Santa com celebração sem presença de fiéis
COVID-19
Gerente técnico de medicamentos da Vigilância Sanitária alerta sobre riscos da automedicação
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior
DOURADOS
Mais de mil servidores com salários acima de R$ 4,5 mil receberão na segunda

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Dourados registra mais dois casos de Covid-19 e MS tem 60 confirmações
ISOLAMENTO
Em 24 horas, apenas uma cidade de MS aparece vermelha no monitoramento do Governo
CORONAVÍRUS
Durante fiscalização, Guarda prende nove pessoas e notifica 60 comércios em Dourados
SUMIÇO
Família procura por jovem que está desaparecida desde a última quarta-feira