Menu
Busca domingo, 27 de setembro de 2020
(67) 99659-5905

Campanha “Dourados sem Dengue” é lançada com força-tarefa

22 janeiro 2013 - 15h45

#####Assessoria





O prefeito Murilo determinou nesta terça-feira a realização de uma força-tarefa liderada pela Secretaria de Saúde para manter a dengue longe do município de Dourados.



Durante reunião com o secretário Sebastião Nogueira e diretores da Saúde municipal, o prefeito anunciou a campanha “Dourados sem Dengue”. A meta é envolver outras secretarias e órgãos da prefeitura, além de voluntários, com o objetivo de impedir o aumento do número de casos de dengue.



A determinação do prefeito é para que o trabalho seja executado inclusive em imóveis fechados, onde é comum a presença de focos do transmissor da dengue. A Prefeitura de Dourados vai adotar as medidas legais necessárias para garantir a entrada dos agentes nesses imóveis.



O prefeito foi informado pelo secretário de Saúde sobre os mutirões realizados nos últimos dias na cidade e nos distritos. Desde o dia 11, pelo menos 6.300 imóveis foram vistoriados pelos agentes municipais, que encontraram quase 200 focos do mosquito transmissor e notificaram 115 proprietários com base na Lei da Dengue.



Neste ano, 34 casos suspeitos de dengue foram registrados em Dourados e dois foram confirmados. O número é considerado baixo, pois outras cidades de Mato Grosso do Sul enfrentam situação de epidemia. Em Campo Grande, por exemplo, 9.300 casos foram notificados até o dia 20 deste mês, o que fez a prefeitura decretar situação de emergência no município.



O prefeito Murilo disse que é importante manter o alerta entre a população, para que Dourados continue livre da doença. “Mais uma vez vamos mobilizar toda nossa equipe para percorrer os bairros, eliminar os criadouros do mosquito, conversar com as pessoas e conscientizá-las de que não podemos baixar a guarda”, afirmou o prefeito.



Sebastião Nogueira disse que o período crítico para proliferação da dengue ainda está no começo, por isso todos os cuidados precisam ser tomados para impedir a infestação do mosquito e consequentemente aumento do número de pessoas infectadas.



O secretário de Saúde informou que já começou a discutir com a equipe os detalhes da campanha “Dourados sem Dengue”. A mobilização vai incluir ações nos bairros, orientação aos moradores e fiscalização com base na Lei da Dengue, que prevê aplicação de multa ao proprietário de terreno baldio ou morador que não mantiver a área limpa e livre de focos do Aedes aegypti.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PREVENÇÃO
Bombas flutuantes são ativadas para garantir abastecimento de água em Corumbá
ECONOMIA
Economistas defendem investimentos públicos e taxação de ricos
INCENTIVO
Em segunda edição do programa, UEMS concede 711 auxílios para acesso à internet
POLÍCIA
Idoso é encontrado morto em valeta na região central de Itaporã
DOURADOS
Em MS, interessados em adquirir imóvel podem ter desconto no valor da entrada
ESPORTE
Vasco empata com Bragantino e entra, provisoriamente, no G4
PANDEMIA
Governo aposta que ‘Rastrear’ vai diminuir taxa de contaminação do coronavírus em MS
CONSUMIDOR
Após denúncias, Procon autua seis agências bancárias
PANDEMIA
Em um mês, mais de 5 mil aulas para primeira habilitação foram realizadas de forma online em MS
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
Comissão mista se reúne para ouvir formuladores das propostas de reforma tributária

Mais Lidas

POLÍCIA
Caminhoneiro de Dourados morre ao capotar na serra de Maracaju
ATO DE FÉ
Após vigílias em frente a hospital, família celebra 'milagre' por homem que caiu do telhado
PONTA PORÃ
Polícia apreende comboio com contrabando avaliado em R$ 1 milhão
CAMPO GRANDE
Gêmeos são executados dentro de quitinete