sábado, 13 de agosto de 2022
Dourados
30°max
13°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Câmara de Dourados recebe parecer sobre qualidade da água

15 outubro 2003 - 05h17

A vereadora Bela Barros (PDT), presidente da Comissão Especial criada em junho de 2003 para avaliar denúncias de contaminação da água consumida pela população de Dourados, entregou no último dia 8 na secretaria da Câmara Municipal o parecer conclusivo dos trabalhos da Comissão. Ontem à tarde, esse parecer foi passado às mãos do presidente da Casa, vereador Cimatti e à noite, durante a sessão, foi dado conhecimento da sua íntegra aos demais vereadores e à população de Dourados, de acordo com o que regula o regimento interno da Câmara de Vereadores nestes casos.O início dos trabalhos da Comissão Especial deu-se em junho quando Bela Barros recebeu denúncia de que várias pessoas estariam sendo tratadas no Hospital do Câncer em Barretos (SP) por terem ingerido a água de Dourados. No mesmo dia foi criada uma Comissão Especial para averiguar os fatos.Já na primeira reunião da CE os vereadores entenderam a necessidade de acompanhamento técnico. Foram chamados a participar da Comissão, durante a realização de seus trabalhos, representantes da UEMS, UFMS, Embrapa, Secretaria Municipal de Agricultura, Vigilância Sanitária, Sanesul, Rede Feminina de Combate ao Câncer e Conselho Regional de Medicina. Todos, técnicos e pesquisadores de renome em suas áreas de atuação, preocupados com a saúde da população.A Comissão Especial entendeu que suas averiguações deveriam começar pelas últimas análises da água consumida em Dourados. A Empresa de Saneamento do estado, responsável pela distribuição da água forneceu os últimos relatórios de análise existentes e que datavam de dezembro de 2002 até junho de 2003. Outros três relatórios de análises foram pedidos pela CE, coletados e entregue durante o período de realização dos trabalhos.O parecer lido em plenário na sessão de ontem na Câmara mostra que a CE exigiu, para que a população que consome a água de Dourados não ficasse com dúvidas, outros dois relatórios de análises feitas por laboratórios de renome nacional: o Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo, e o Laboratório Bioagri Ambiental Ltda., de Piracicaba (SP). Ambos asseguraram que de acordo com as normas estabelecidas pela Portaria 1469, de dezembro de 2000 do Ministério da Saúde, a água de Dourados é satisfatória para o consumo.Para a vereadora Bela Barros, a Comissão Especial foi além da finalidade de averiguar denúncias com relação a qualidade da água consumida em Dourados. “Técnicos que nos auxiliaram nos trabalhos da CE prepararam um projeto de monitoramento e avaliação da qualidade da água. Segundo essa proposta, durante um período de 12 meses continuariam sendo avaliadas, quinzenalmente, amostras de água consumida em Dourados. Tudo isso para tranqüilizar ainda mais a população”, informou a vereadora. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Procurado por homicídio em festa na fronteira é preso em Portugal
INTERPOL

Procurado por homicídio em festa na fronteira é preso em Portugal

MORTES NA PANDEMIA

Barroso envia à PGR acusação de vítimas da Covid contra Bolsonaro

Homem é preso com droga avaliada em mais de R$ 6 mil
IVINHEMA

Homem é preso com droga avaliada em mais de R$ 6 mil

GERAL

Juiz manda para presídio policial bolsonarista que matou petista

Polícia Militar apreende mais de 140 quilos de maconha, na MS-473
NOVA ANDRADINA

Polícia Militar apreende mais de 140 quilos de maconha, na MS-473

EDUCAÇÃO

Acadêmicos da UEMS podem se inscrever em Universidades parceiras

Empresário é preso com arma furtada de policial no Rio de Janeiro

EDUCAÇÃO

Prouni: universidades acusam MEC de atrasar dados para matrículas

CAPITAL

Prestes a casar a filha, homem morreu atropelado sem realizar o sonho

ECONOMIA

Empresas poderão renegociar dívidas com o Fisco com 70% de desconto

Mais Lidas

TRAUMATISMO CRANIANO

Madrasta de menina de 7 anos que morreu ao dar entrada na UPA é presa em Dourados

ÁGUIA

Mega-operação mira tráfico de drogas e cumpre 10 mandados em Dourados

BR-376

Morto após capotar veículo carregado com maconha tinha 24 anos

LATROCÍNIO 

Adolescente de 16 e menina de 11 anos matam e jogam corpo de idoso em rio