Menu
Busca sábado, 28 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Autoridades da saúde vistoriam obras do Hospital da Mulher e da Criança amanhã

03 março 2020 - 17h05Por Da Redação

O presidente da Ebserh (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares) Oswaldo de Jesus Ferreira, o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende, Mirlene Damázio, reitora da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), diretores do Hospital Universitário (HU), entre outras autoridades da área da saúde farão, nesta quarta-feira (04.03) uma vistoria construção do Hospital da Mulher e da Criança. A ação está programada para as 09h30, no canteiro das obras, em área anexa ao HU.

A agenda terá início às 8h30 com uma recepção às autoridades, seguida, às 9h30 à vistoria nas obras do Hospital da Mulher e da Criança e às 10h30, reunião com a reitora Mirlene Damácio, secretário Geraldo Resende e governança do Hospital Universitário, com o presidente da Ebserh.

O Hospital

O Hospital da Mulher e da Criança está sendo construído em área anexa ao Hospital Universitário de Dourados, por meio de um investimento em recursos federais da ordem de R$ 51 milhões, incluindo a segunda etapa, ainda a ser licitada. A primeira etapa deverá ser entregue no próximo mês de maio.

A unidade será a maior estruturamaterno-infantil do Estado com a proposta de ofertar mais qualidade no acolhimento às gestantes, evitar superlotações e oportunizar residências em enfermagem obstétrica e saúde materno infantil, tendo como missão promover saúde, ensino, pesquisa e extensão.

Os recursos para a construção foram viabilizados por meio de articulações do então deputado federal Geraldo Resende, hoje secretário estadual de saúde, com apoio da bancada federal, governo do Estado (que doou a área) e o governo federal.

Atualmente com cerca de 80% das obras edificadas, a área total será de 6.370,68 metros quadrados, além de 18 mil metros quadrados de urbanismo e infraestrutura completa. Na primeira etapa, o hospital vai ofertar 55 leitos e na segunda etapa, serão ofertados mais 80 leitos distribuídos entre as Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) Pediátrica e Neonatal, Unidades de Cuidados Intermediários (UCIs), além de estruturas de apoio, como Banco de Leite Humano, Ambulatório Segmento Recém-Nascido, plantão e apoio ao Ensino e Pesquisa.

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Para justificar ausência no domingo, eleitor deve baixar e-Título hoje
ELEIÇÕES 2020
Para justificar ausência no domingo, eleitor deve baixar e-Título hoje
Ministro intima PGR para que se manifeste sobre desistência de Bolsonaro de prestar depoimento
STF
Ministro intima PGR para que se manifeste sobre desistência de Bolsonaro de prestar depoimento
Agepen institui comissão para regulamentar critérios na seleção de reeducandos para o trabalho
ESTADO
Agepen institui comissão para regulamentar critérios na seleção de reeducandos para o trabalho
STJ
Joesley Batista terá de pagar R$ 300 mil a Michel Temer por danos morais
Perícia no tapa-buracos de Dourados deve ter resultado preliminar na segunda-feira
INVESTIGAÇÃO
Perícia no tapa-buracos de Dourados deve ter resultado preliminar na segunda-feira
SALÁRIOS
Mais de R$ 500 milhões estão disponíveis para saques dos servidores estaduais
BRASIL
Beneficiário do Bolsa Família receberá por poupança digital
PANDEMIA
Campo Grande e Dourados lideram novos diagnósticos de Covid-19
INTERIOR
Pescador leva multa de R$ 1,5 mil na piracema
DOURADOS
Decreto é republicado por incorreção, agora com brechas para esporte coletivo e boliche

Mais Lidas

DOURADOS
Com leitos de UTI's lotados, prefeitura aumenta toque de recolher e manda fechar clubes
DOURADOS
Júri condena membros de grupo de extermínio a mais de 100 anos de prisão
PEDRO JUAN
Quatro corpos são encontrados enterrados na fronteira
BONITO
Mãe de bebê também morre após carro bater em coqueiro na MS-382