Menu
Busca quinta, 06 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Auditoria constatou falsas perícias no INSS em Dourados

26 agosto 2004 - 07h47

As falsas perícias praticadas pelos irmãos peritos Laidenss, Leidniz e Leibnitz Guimarães, favorecendo os segurados que eram clientes da advogada Rilziane Guimarães Bezerra de Melo, filha de Laidenss, foram comprovadas durante Auditoria do INSS, especialmente designada pela diretoria nacional do órgão, instalada para apurar denúncia anônima de fraude contra a Agência do INSS em Dourados. Esse trabalho, conforme o relatório entregue esta semana à Justiça Federal pelo delegado Fernando Augusto Battaus, envolveu a análise de 30 casos, escolhidos aleatoriamente, dos quais 18 resultaram na cassação da aposentadoria por invalidez, uma vez que parte dos segurados beneficiados era formada de clientes da advogada Rilziane e foram aposentados justamente pelos três peritos irmãos, membros da GBENIN (Seção de Gerenciamento de Benefícios por Incapacidade), o primeiro, pai da advogada e os outros dois, tios dela, que se revezavam também como médicos particulares e peritos a encaminhar a aposentadoria. Além dos servidores da família Guimarães, indiciados no relatório do delegado federal Fernando Battaus, foram ouvidos os peritos Jacir Manoel Ribas, Rodolfo Rupp e Ricardo Alexandre Hespanhol, todos lotados na agência do INSS de Dourados, outros 40 segurados, o chefe do Serviço de Benefícios da Gerência Executiva no Município, Noé Costa da Silva, que substituiu Lívia na função, o médico Nilson Luiz Azambuja, também perito da GBENIN e as funcionárias da Gerência, Cleuza Borges da Silva Martins e Alda Lima LubasHá, inclusive, no relatório, o caso de um segurado em que o perito Laidenss Guimarães, pai da advogada que solicitou o benefício, era o médico particular dele e o próprio Laidenss, na condição de perito do INSS, providenciou a aposentadoria, uma irregularidade devidamente acobertada pela chefe da Seção de Benefícios da Gerência do órgão em Dourados à época, Lívia Guimarães, a irmã dos peritos agora indiciados juntamente com ela e a sobrinha.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso com caminhonete e pistola na MS-164 logo após assalto
POLÍTICA
Senado Federal aprova penas mais duras contra crimes cibernéticos
APARECIDA DO TABOADO
Homem é esfaqueado ao tentar impedir mulher de sair para comprar drogas
IMUNIZANTE
Mais 628 mil vacinas da Pfizer chegam ao Brasil nesta quarta-feira
RIBAS DO RIO PARDO
Detetive particular já condenado é preso por dirigir embriagado após acidente
JUDICIÁRIO
Justiça Federal absolve ex-presidente Temer de envolvimento em 'quadrilhão'
COXIM
Homem agride filho e nora de vereador, quebra viatura e danifica loja
SELEÇÃO
Ibama é autorizado a contratar 1,6 mil funcionários temporários
NAVIRAÍ
Ambiental apreende armadilha de caça de animais silvestres de grande porte 
BRASIL
Bolsonaro veta prorrogação para entrega de declaração do Imposto de Renda

Mais Lidas

PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira
PONTA PORÃ
Vítima de execução na fronteira registrou boletim de ocorrência contra o namorado