Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99659-5905
PROJETO APROVADO

Assembleia autoriza Estado celebrar termos aditivos com União

05 outubro 2017 - 15h20Por Da Redação

Os deputados estaduais aprovaram nesta quinta-feira (5), em primeira discussão, o Projeto de Lei (PL) 215/2017, do Poder Executivo, que autoriza o Governo do Estado a celebrar termos aditivos aos contratos firmados com a União com base na Lei Federal 9.496, de 11 de setembro de 1997, e na Medida Provisória 2.192-70, de 24 de agosto de 2001, para adoção das condições estabelecidas pela Lei Complementar Federal 148, de 25 de novembro de 2014, e pela Lei Complementar 156, de 28 de dezembro de 2016.

Na prática, a proposta autoriza o Estado "a adotar o prazo adicional de até 240 meses para o pagamento de dívidas refinanciadas, usufruir da redução extraordinária da prestação mensal das dívidas, concedida pela União, pagar as parcelas de dívida vencidas e não pagas, em decorrência de mandados de segurança, em até 24 prestações mensais e consecutivas, vencendo-se a primeira em julho de 2018, bem como promover as modificações no Programa de Reestruturação e Ajuste Fiscal (PAF)". Um dos requisitos exigidos para a formalização dos termos aditivos junto à União é a publicação de lei autorizativa. O PL ainda deverá ser aprovado em segunda discussão.  

Também em primeira, o PL 201/2017, de Lidio Lopes (PEN), dispõe sobre a formação de preços ao consumidor de combustíveis no Estado. Em segunda discussão, foram aprovados o PL 74/2017 e o PL 169/2017. A primeira proposta, de Mara Caseiro (PSDB), cria o Programa de Prevenção e Combate ao Jogo da Morte - Baleia Azul. Já a segunda matéria, de Professor Rinaldo (PSDB), cria o Dia do Voluntário no Corpo de Bombeiros Militar, a ser celebrado anualmente em 21 de setembro.

Durante a última sessão plenária da semana, os deputados aprovaram ainda, em discussão única, o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 11/2017, do deputado Amarildo Cruz (PT), que dispõe sobre o processo inaugural de tombamento para o Grupo de Catira da Família Malaquias da Comunidade Quilombola de Santa Tereza, no município de Figueirão. Também foram aprovados 16 projetos de resolução, que concedem Títulos de Cidadão Sul-mato-grossense e Comendas do Mérito Legislativo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Empresária paulista perde R$ 50 mil ao negociar compra de sucata
ECONOMIA
Governo Federal libera mais R$ 28,7 bilhões para auxílio emergencial
TRÁFICO
PRF apreende 254 quilos de maconha e prende batedores na fronteira
SUPREMO
Celso de Mello envia à PGR requerimento contra Carla Zambelli
PONTA PORÃ
Motorista não explica procedência de R$ 68 mil e acaba na Polícia Federal
ARTISTA
Pagamento da 1ª parcela do edital “MS Cultura Presente” está disponível
POLÍTICA
Governo vai disponibilizar lista de quem recebeu auxílio emergencial
JUSTIÇA
Após 26 dias presa, mulher que matou marido a facadas ganha liberdade
BANDEIRA TARIFÁRIA
Conta de luz não terá cobrança extra até o fim do ano, informa Aneel
BR-262
Veículo furtado na Bahia é recuperado durante barreira sanitária

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dois meses após decreto de emergência, Dourados confirmou 127 casos de Covid-19
PANDEMIA
Número de pacientes internados por coronavírus em Dourados sobe 50% em 24h