Menu
Busca quinta, 03 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
PROJETO APROVADO

Assembleia autoriza Estado celebrar termos aditivos com União

05 outubro 2017 - 15h20Por Da Redação

Os deputados estaduais aprovaram nesta quinta-feira (5), em primeira discussão, o Projeto de Lei (PL) 215/2017, do Poder Executivo, que autoriza o Governo do Estado a celebrar termos aditivos aos contratos firmados com a União com base na Lei Federal 9.496, de 11 de setembro de 1997, e na Medida Provisória 2.192-70, de 24 de agosto de 2001, para adoção das condições estabelecidas pela Lei Complementar Federal 148, de 25 de novembro de 2014, e pela Lei Complementar 156, de 28 de dezembro de 2016.

Na prática, a proposta autoriza o Estado "a adotar o prazo adicional de até 240 meses para o pagamento de dívidas refinanciadas, usufruir da redução extraordinária da prestação mensal das dívidas, concedida pela União, pagar as parcelas de dívida vencidas e não pagas, em decorrência de mandados de segurança, em até 24 prestações mensais e consecutivas, vencendo-se a primeira em julho de 2018, bem como promover as modificações no Programa de Reestruturação e Ajuste Fiscal (PAF)". Um dos requisitos exigidos para a formalização dos termos aditivos junto à União é a publicação de lei autorizativa. O PL ainda deverá ser aprovado em segunda discussão.  

Também em primeira, o PL 201/2017, de Lidio Lopes (PEN), dispõe sobre a formação de preços ao consumidor de combustíveis no Estado. Em segunda discussão, foram aprovados o PL 74/2017 e o PL 169/2017. A primeira proposta, de Mara Caseiro (PSDB), cria o Programa de Prevenção e Combate ao Jogo da Morte - Baleia Azul. Já a segunda matéria, de Professor Rinaldo (PSDB), cria o Dia do Voluntário no Corpo de Bombeiros Militar, a ser celebrado anualmente em 21 de setembro.

Durante a última sessão plenária da semana, os deputados aprovaram ainda, em discussão única, o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 11/2017, do deputado Amarildo Cruz (PT), que dispõe sobre o processo inaugural de tombamento para o Grupo de Catira da Família Malaquias da Comunidade Quilombola de Santa Tereza, no município de Figueirão. Também foram aprovados 16 projetos de resolução, que concedem Títulos de Cidadão Sul-mato-grossense e Comendas do Mérito Legislativo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIZINHOS
Lutador de jiu jitsu é acusado de espancar casal de idosos em Campo Grande
PIB do terceiro trimestre mostra recuperação em V, diz ministro
ECONOMIA
PIB do terceiro trimestre mostra recuperação em V, diz ministro
Aparelhos eletrônicos furtados de idosas e trocados por drogas são recuperados 
DOURADOS 
Aparelhos eletrônicos furtados de idosas e trocados por drogas são recuperados 
PROJETO
Parque dos Poderes em Campo Grande vai passar por obras de revitalização
Mais de 350 kg de maconha é encontrada abandonada às margens rodovia estadual
LAGUNA CARAPà
Mais de 350 kg de maconha é encontrada abandonada às margens rodovia estadual
JUSTIÇA
STJ prorroga até fevereiro os julgamentos por videoconferência
INVESTIGAÇÃO
Polícia apreende arma com casal em bar de Campo Grande
CLIMA
Inmet faz alerta de perigo potencial para tempestade em Dourados
TRABALHO PARLAMENTAR
Deputado Neno Razuk solicita melhorias para cinco bairros da Capital
BR-163
Família é flagrada carregando mais de 100 kg de pasta base e cloridrato de cocaína

Mais Lidas

PANDEMIA
Casos de coronavírus levam fechamento de três agências bancárias em Dourados
POLÍCIA
Homem é encontrado morto em ponte próximo à Vila Cachoeirinha 
MAUS TRATOS
Mãe é denunciada após apagar cigarro na mão da filha em Dourados
CAARAPÓ
Jovem que matou companheira com mata-leão é autuado em flagrante por homicídio doloso