Menu
Busca quarta, 05 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
PREFEITURA

Donos de conveniências e academias protestam contra suspensão de atividades

09 julho 2020 - 10h24Por Jessica Beatriz

Após publicar o decreto de n°2.723, ontem (8/7), que fecha bares e conveniências por 10 dias, a mandatária Délia Razuk teve que lidar com a insatisfação das categorias que reclamam da falta de uma atitude efetiva por parte do poder público para combater a pandemia. Representantes dos grupos estiveram em frente do prédio da Prefeitura Municipal de Dourados na manhã desta quinta-feira (9).

Conforme o decreto, a decisão é “considerando a necessidade de adoção de novas medidas para garantir o afastamento social, evitar as aglomerações de pessoas, diminuir a taxa de infecção do novo Coronavírus e evitar a sobrecarga dos serviços de saúde”. O decreto deverá entrar em vigor nesta sexta-feira (10).

Desse modo, comerciantes das áreas afetadas pela nova normatiza do município se organizaram por meio das redes sociais para fazer uma movimentação e pedir esclarecimentos da gestão municipal. De acordo com o documento serão suspensas as atividades em academias de ginásticas, studios e afins, além do funcionamento presencial de bares, conveniências e tabacarias.

A reportagem do Dourados News esteve no local e constatou que as categorias que iniciaram o movimento juntas, começaram a se separar a partir de um passo inicial da prefeita Délia Razuk em alterar o decreto em favor dos comerciantes de bares e conveniência, conforme informado por um representante da categoria.

Rafael Lima, que representa os bares e conveniências, relatou que a conversa com a prefeita do município ocorreu na manhã de hoje (9), onde foi acordado que a administração municipal estudará a possibilidade dos comércios continuarem atuando pelo menos no sistema drive-thru, onde a pessoa passa pelo local, compra a mercadoria e leva embora.

Sobre o sistema drive-thru, Rafael disse que pode ser uma alternativa para não prejudicar ainda mais a categoria durante esse período de pandemia, “já dá uma desafogada bem porque dez dias com portas fechadas muita gente vai quebrar. Esse nosso segmento ele é fraquinho, ele não aguenta”, enfatizou ele.

Enquanto isso, representantes da categoria de academias, studios e afins ainda esperam um posicionamento da administração municipal. Os profissionais da área que estavam no local afirmam que a atividade física é o único suporte para a população cuidar da saúde neste momento.

Quanto a atuação do município para atender à população que precisa de serviços de saúde, Jair Amaro, representante do grupo de academias, foi enfático, “estão tomando medidas que não está funcionando aqui em Dourados, não dão remédio para ninguém, você vai lá e não dão suporte para nada, a Saúde tá uma porcaria”.

Em outro momento, ele relatou que já teve que demitir funcionários devido às dificuldades desencadeadas pela pandemia e acha injusto só parte dos comerciantes serem prejudicados, “fecha tudo então”, afirmou Jair. Ele ainda informou que caso a administração não se posicione, a categoria entrará com um mandado de segurança.

Ainda de acordo com o decreto, “O Município de Dourados executará a fiscalização através da Guarda Municipal, dos fiscais de postura, de Vigilância Sanitária e Ambiental para o cumprimento das medidas previstas, e aplicação das sanções administrativas e penais cabíveis”

Situação do coronavírus em Dourados

Conforme o boletim divulgado pela administração municipal de Dourados na quarta-feira (08), Dourados somava 3.135 pessoas infectados pelo novo coronavírus, dessas, 1.788 era consideradas recuperadas e 1.288 estavam em isolamento domiciliar.

Outros 38 pacientes estavam em hospitalizados, 12 em leitos clínicos e 26 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). 
O município registrou 38 óbitos por covid-19.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÃO CONJUNTA
Polícia cumpre mandados de busca e apreensão em Rio Brilhante e mira casa de ex-prefeito
PAULISTÃO
Corinthians e Palmeiras começam a decidir estadual nesta quarta
LEGISLATIVO
Pedido de calamidade pública e outros dois projetos devem ser votados hoje
DOURADOS
Agesul anuncia empresas que vão duplicar e construir passarela na MS-156
ESTRELA PORÃ
Dupla de moto dispara contra casal e deixa homem ferido próximo a bar
CAMPO GRANDE
Justiça mantém bloqueio de R$ 10 mi de empresários contratados para atuarem no Aquário do Pantanal
TRÁFICO DE DROGAS
Polícia prende dupla que contratou guincho para carregar veículo com drogas
DOURADOS
Acusada de estelionato paga fiança e vai responder em liberdade
QUEIMADAS
Forças Armadas e bombeiros de dois estados vão combater fogo no Pantanal
TRÊS LAGOAS
Quase três toneladas de maconha que saiu de MS são apreendidas em São Paulo

Mais Lidas

DOURADOS
Peladão: Homem é detido após armar confusão em motel e quebrar vários quartos
DOURADOS
Condutor de veículo que atropelou ciclista e fugiu sem prestar socorro é identificado
POLÍCIA
Duas mulheres são presas por estelionato em Dourados
TRAGÉDIA
Mulher que morreu em acidente na BR-463 em Ponta Porã tinha 27 anos