segunda, 22 de abril de 2024
Dourados
24ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Apenas 20 policiais cuidam de 1.100 presos em Dourados

02 setembro 2003 - 14h25

A Penitenciária de Segurança Máxima "Harry Amorim Costa", em Dourados, chegou ao estágio máximo da superlotação. Esta semana, com a transferência de quatro presos da cadeia de Caarapó, a penitenciária douradense chegou a exatos 1.100 internos. O mais grave, no entanto, é que todo esse contingente é vigiado por apenas 20 policiais em cada turno. A capacidade da "Harry Amorim" é para 538 presos. Segundo informações do comando da PM em Dourados, seriam necessários pelo menos 50 homens para cuidar de 1.100 presos, mas a Secretaria de Segurança Pública do Estado ainda não conseguiu fazer a parte dela.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA LEI

Estudo aponta desafios da abertura do mercado de gás natural no Brasil

Indígenas prometem seguir lutando por demarcação de terras
POLÍTICA

Indígenas prometem seguir lutando por demarcação de terras

MUNDO NOVO

Mestrado em Biodiversidade e Sustentabilidade Ambiental abre inscrições

ECONOMIA

Não houve invasão externa em sistema do Tesouro, diz Haddad

COTAÇÃO

Dólar cai para R$ 5,16 à espera de dados nos Estados Unidos

JUSTIÇA

Ministra mantém indenização de Deltan a Lula por caso de powerpoint

CAMPO GRANDE 

Homem que atropelou e matou esposa é liberado após audiência de custódia 

COTAÇÃO

Agronegócio fecha a segunda-feira com reduções nos preços em Dourados

QUATRO ANOS

Detento que cavou buraco em canil para fugir da PED é preso em Goiás 

RODOVIA ESTADUAL 

Homem é preso transportando 700 pacotes de cigarros contrabandeados

Mais Lidas

CAMPEONATO ESTADUAL

Operário domina partida, vence o DAC por 3 a 1 e conquista o título Estadual

DOURADOS

Jovem morre a caminho de hospital após ser atingido por facada no abdômen

CAPITAL

Trabalhadores que faziam serviço tapa-buraco são atropelados

FUTEBOL

Sem o título, Dourados perde ainda duas vagas para competições nacionais