Menu
Busca segunda, 06 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Alunos do Anglo são destaques nas melhores universidades do país

07 fevereiro 2013 - 10h41


Não é de hoje que o ensino da Escola Decisivo Anglo tem ótimos resultados de alunos aprovados em vestibulares nas melhores universidades do país. E esse ano não foi diferente. Os alunos Renata Ruiz Simas, Gabriela Pratavieira de Oliveira, Gessica de Macedo Braga, Guilherme Simoneti de Arruda, Weilon Fengchang e João Alexandre Braga Moreira foram os alunos que se destacaram neste ano para a instituição.

A aluna Renata Ruiz Simas, 17 anos, foi aprovada em seis universidades. Entre as carreiras de Engenharia Ambiental, Relações Internacionais e Ciências Biológicas a aluna optou por Relações Internacionais na UFGD. “Antes eu pensava no salário como engenheira, mas decidi fazer o que eu realmente mais gosto”, pondera.

Renata afirma que o apoio da escola foi determinante para adquirir esse rendimento. “O Anglo contribuiu, pois foi à base de tudo. O apoio e ensino dos professores para o vestibular também é importante. A estrutura é excelente, vou sentir muita saudade dos amigos da escola, mas é uma etapa necessária que eu espero aproveitar o máximo possível para em tornar uma boa profissional”, afirma.

Gabriela Pratavieira de Oliveira com apenas 16 anos passou em primeiro lugar em três universidades para o curso de História. Ela tem o propósito de ir para a Unicamp e se especializar em Arqueologia para trabalhar na área, mas com 16 anos seus pais ainda estão pensando na possibilidade. Já os alunos Gilherme, Weilon e João Alexandre já estão decididos. Guilherme passou na primeira chamada em Engenharia Elétrica na Universidade de São Paulo - USP. Weilon estudou por dois anos no Anglo e passou em Engenharia Mecatrônica também na USP. E João Alexandre irá cursar Psicologia na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

A Escola Decisivo Anglo coloca à disposição da comunidade o cursinho preparatório para o vestibular. Gessica de Macedo Braga, 23 anos, estava fazendo Nutrição, mas desistiu e decidiu fazer o cursinho por um ano na Instituição e passou em Medicina na Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). “É um sonho e lutei muito pra conseguir. É uma felicidade imensa. O cursinho do Anglo e os professores são ótimos e o ensino é de boa qualidade”, relata.

O diretor da escola, Wilson Akira Tanizaki, afirma que o diferencial são os professores e o material trabalhado em sala de aula. “Nós trabalhamos com material Sistema Anglo de Ensino e esse material já é um diferencial, mas o principal é a equipe de professores que a gente tem aqui, não são só professores, não estão lá só pra ensinar, eles são amigos”.

“Nossos alunos tem condições de entrar em qualquer universidade do país. Eles fazem simulados uma vez por mês, então desde o primeiro ano, ele é preparado para a melhor universidade. A gente oferece suporte, mas o esforço depende dele. O maior mérito e alegria do professor é ver o nome do aluno do qual ele instruiu durante três anos estampado na lista de aprovados”, conclui.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Expoagro é adiada para setembro por causa de pandemia
COVID-19
MS registra mais um caso e investiga morte suspeita de coronavírus
DOURADOS
Coronavírus não deve tirar foco da dengue, diz Marçal Filho
BONITO
Homem é autuado em R$ 70 mil por incêndio para renovação de pastagem
DOURADOS
Remanescentes de concurso da Guarda entregam kits de prevenção ao coronavírus
PARANAÍBA
MP recomenda a reabertura de comércio não essencial com restrições sanitárias
COVID-19
Tendas são montadas ao lado do HV e equipes realizarão simulações de atendimentos
CAMPO GRANDE
Só de calcinha, mulher dirige na contramão e provoca acidente
Dourados News
Campanha Solidária "Anjos de Dourados"
MOBILIDADE URBANA
Cidades de MS têm novo prazo para assinar contratos de programa de mobilidade

Mais Lidas

DOURADOS
Dois homens são executados por dupla de moto no Jardim Carisma
DOURADOS
Homem agride gestante e é assassinado a pauladas em favela
DOURADOS
Polícia apura que filho matou pai a pauladas após agredir a mãe grávida
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior