Menu
Busca domingo, 24 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
CULTURA

Alunos das escolas municipais são atrações no palco do Dourados Brilha

16 dezembro 2015 - 12h34

Já é tradição às apresentações das escolas municipais na programação de Natal do “Dourados Brilha”, realizado desde 2011 pela atual administração. Este ano mais de dez escolas estão participando com apresentações musicais, balé, dança, capoeira, coral e até de circo, como fez a Escola Januário Pereira Araújo, no segundo dia do evento, dia 2.

As apresentações acontecem quase todas as noites na Praça Antônio João, como uma forma de incentivo para os estudantes que passam o ano inteiro ensaiando e escolhendo a melhor performance para as apresentações.

Conforme a programação, a primeira escola a participar do Dourados Brilha este ano foi a Armando Campos Belo, com um musical em homenagem a Dourados, que este ano completa 80 anos.

Para o diretor-adjunto Diogo Ferreira de Moraes, da Escola Loide Bonfim, localizada no Jardim Água Boa, que este ano teve representantes nas apresentações do Festival de Bandas e Fanfarras e balé, os alunos ensaiam o ano inteiro para fazer apresentações tanto na escola como fora dela.

Ele conta que para a comunidade escolar é um orgulho ver os alunos se apresentando e que também se torna um desafio para eles, segundo o diretor-adjunto. “Para as crianças as apresentações na Praça Antônio João durante o Dourados Brilha é o fechamento do ano, com ‘chave de ouro”, comenta.

Para a diretora da escola Aurora Pedroso, no Parque Alvorada, Denize Portolann, o Dourados Brilha é uma excelente oportunidade e incentivo para as crianças ensaiarem o ano inteiro para chegar ao final do ano e se apresentarem na Praça Antônio João. “Para elas é a maior alegria mostrar seu trabalho e talento para as pessoas, é uma forma de valorização e incentivo”, disse.

A secretária de Educação, Marinisa Mizoguchi explica que desde a implantação do Programa Mais Educação nas escolas municipais as atividades culturais têm papel fundamental no contraturno dos alunos. Para eles essas apresentações fora da escola é muito importante e serve como desenvolvimento das crianças.

Segundo Marinisa, as atividades culturais têm feito o diferencial das escolas da rede municipal e considerado um dos fatores que estimularam a procura nesses estabelecimentos de ensino. “São apresentações belíssimas, tanto no quesito vestuário, adereços, harmonia, coreografia, que ‘enchem os olhos’ da platéia e emocionam professores, diretores, coordenadores e os pais”, revela a secretária.




Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
MPT alerta para risco de fragilização e precarização do instituto da aprendizagem profissional
Estados brasileiros começam a receber vacina de Oxford
COVID-19
Estados brasileiros começam a receber vacina de Oxford
Covid-19 mantém 258 sul-mato-grossenses em leitos de UTI
PANDEMIA
Covid-19 mantém 258 sul-mato-grossenses em leitos de UTI
Estado aguarda atualização de 4,7 mil possíveis casos de Covid-19 nos municípios
PANDEMIA
Estado aguarda atualização de 4,7 mil possíveis casos de Covid-19 nos municípios
Prêmio Sesc de Literatura abre inscrições para obras inéditas
BRASIL
Prêmio Sesc de Literatura abre inscrições para obras inéditas
DOURADOS
Pré-matrículas na rede municipal vão de segunda a sexta-feira
PANDEMIA
Fiocruz negocia mais 15 milhões de doses de vacina da AstraZeneca
CLIMA
Em alerta, Dourados pode ter janeiro mais chuvoso da história
ESTADO
Startup de design investe em site para vender produtos sul-mato-grossenses
COVID-19
Promotora pede esclarecimentos sobre vacinação em Dourados e Laguna Carapã

Mais Lidas

CENTRO
Primeiro acidente de trânsito com vítima fatal neste ano é registrado em Dourados
TRAGÉDIA
Segundo acidente de trânsito com vítima fatal é registrado em Dourados
TRAGÉDIA
Vídeo mostra momento exato de acidente com vítima fatal em Dourados
DOURADOS
Motociclista que morreu após colisão em cruzamento invadiu via preferencial