Menu
Busca segunda, 21 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
REDE ESTADUAL

Aguardando assembleia geral, educadores decidem por manter greve em Dourados

03 junho 2015 - 10h39

Os servidores da Rede Estadual de ensino lotados em Dourados decidiram em assembleia realizada na manhã desta quarta-feira (3), manter a paralisação na educação iniciada no dia 27 de maio em todo o Mato Grosso do Sul.

Agora, eles aguardam pela definição geral do movimento em encontro agendado para as 18h na sede da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), na Capital.

De acordo com o presidente da federação, Roberto Magno Botareli Cesar, apesar da negativa dos educadores do município, a decisão será da maioria.

“Começamos uma greve democrática, com decisão de mais de 450 delegados e será assim que daremos continuidade aos nossos trabalhados, respeitando as instâncias deliberativas da nossa entidade, portanto se a greve continua ou não, saberemos somente, após as 18h”, explicou.

A reunião entre governo e educadores foi intermediada pelo Tribunal de Justiça na terça-feira (2) em Campo Grande no intuito de definir o impasse da paralisação. Entre as propostas colocadas na nova negociação estão:

1 - Repasse do reajuste anual do piso nacional dos professores, a cada mês de janeiro, mais 4,37% em outubro, até 2021, para professores de 20h semanais (nível 1, classe A). Assim, eles receberão 100% do piso nacional a partir de 2021, dobrando o valor do piso de 40h;

2 – Discutir a antecipação da data base dos funcionários administrativos da educação, do mês de maio para janeiro, em conjunto com as demais entidades sindicais;

3 – Pagamento da diferença da hora-atividade de 2013 (quando os professores deveriam cumprir 33% e cumpriram somente 25%), a partir de janeiro de 2016, somente para professores que estavam em sala de aula naquele ano;

4 – Prorrogação do concurso público do magistério (finaliza no próximo dia 13 de junho);

5 – Convocação de 500 professores aprovados no último concurso em julho e mais 500, em janeiro de 2016;

6 – Garantir que o funcionário administrativo, com nível superior, possa ser eleito diretor de escola;

7 – Permitir que as escolas de tempo integral realizem eleições diretas para diretor.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Prefeitura pagará R$ 14 mil para emplacar frota no padrão Mercosul
TRÁFICO
Condutor foge em abordagem e veículo é apreendido com quase 550 kg de drogas
BRASIL
Além do combate às queimadas, senador Nelsinho Trad estuda sobre preservação cultural e econômica do Pantanal
NEGÓCIOS & CIA
Nomenclatura de processadores Intel: A Visual Informática te ajuda a entender todas essas siglas
PANDEMIA
Detran fecha unidade em Dourados após confirmações de Covid-19
CAMPO GRANDE
Homem é encontrado morto dentro de conveniência
TACURU
Motorista morre após capotar e ser arremessado para fora do veículo
SAÚDE & BEM-ESTAR
Como anda os seus cuidados com a sua Saúde Bucal?
CLIMA
Inverno se despede com chuva e queda de temperatura em Dourados
OPORTUNIDADE
Semana começa com quase 150 vagas de trabalho em Dourados

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Homem de 56 anos cai de trator e morre atropelado em fazenda
ESTADO
Confraternização em fazenda termina com tragédia após briga familiar
TRAGÉDIA
Bombeiro em Dourados morre durante acidente em Santa Catarina
DOURADOS
Amigos e familiares de entregador morto em acidente pedem que justiça seja feita