Menu
Busca sábado, 28 de março de 2020
(67) 9860-3221

Sem imprensa, júri condena assassino de manicure do Canaã I, a mais de 16 anos de prisão

19 março 2013 - 15h25

Walder Arantes da Rosa, o ‘Maguila’, réu confesso do assassinato da manicure, Jamille Letícia de Souza Santos no dia 31 de outubro de 2011, foi condenado a cumprir 16 anos e três meses de prisão, pelo crime de homicídio duplamente qualificado.

O julgamento aconteceu na manhã desta terça-feira (19) e segundo o advogado do réu Osmar Blanco, a pena foi considerada justa e deve analisar agora se recorre ou não da sentença.

O tribunal do júri foi conduzido pelo juiz da 3ª Vara Criminal do município, Francisco Vieira de Andrade Neto, e durou pouco mais de quatro horas.

Quatro mulheres e três homens foram responsáveis pela avaliação do réu. Familiares e amigos acompanharam o processo no plenário completamente lotado. A imprensa foi impedida de registrar imagens no local.

O acusado que também responderá pela prática de estupro em outubro.

Relembre o caso

A denúncia apresentada ao Ministério Público de Mato Grosso do Sul diz que Walder Arantes da Rosa e Jamille Letícia de Souza Santos foram casados por 15 anos e tiveram três filhos, no entanto, o acusado constantemente agredia a vítima, a qual, inclusive, já havia registrado boletins de ocorrência contra ele, estando o casal separado há aproximadamente seis meses.

Mesmo assim, o réu ainda frequentava a residência da vítima e a ameaçava, sendo que na noite anterior ao crime, estava na casa de Jamille com os filhos até que ela chegasse do trabalho, sendo que, assim que ela retornou, perguntou-lhe se estava namorando outra pessoa e diante da afirmação da vítima, deu-lhe um tapa no rosto dizendo-lhe: “Você não vai curtir esse namoro”.

Depois disso, o acusado se retirou do local e passado algum tempo, durante a madrugada, voltou à residência da vítima e, tendo pulado o muro, adentrou a casa pela porta dos fundos que sabia não ficar trancada, ocasião em que discutiu com a vítima diante da negativa dela em reatar o relacionamento com o denunciado, entrando em vias de fato.

A filha do casal tentou separar a briga, mas o acusado tentou agredi-la também, mas foi impedido por Jamille e posteriormente saiu do local, razão pela qual a filha, com medo, pegou duas facas da residência e colocou-as debaixo do travesseiro da mãe para caso o réu voltasse.

Por volta das seis horas, enquanto a família ainda dormia, o acusado, armado com uma faca, voltou ao local e adentrou a residência, aproveitando-se que a vítima dormia, passou a desferir-lhe diversos golpes de faca, momento em que Jamille começou a gritar.

A filha do casal foi até o quarto da mãe e viu o pai lhe esfaqueando, o qual, em seguida, saiu do quarto, tendo a menina jogado uma cadeira contra o acusado, o que fez com que ele perseguisse com a faca em mãos a menina e outra filha do casal que também havia acordado. Elas conseguiram fugir dele e com a chegada dos vizinhos ele também fugiu.

Os vizinhos acionaram o socorro, porém ela não resistiu aos ferimentos e morreu.

O caso teve grande repercussão na época e gerou manifestos na cidade. A reconstituição do crime foi realizada no dia oito de novembro de 2011 pela delegada Magali Cordeiro Leite, com o objetivo de esclarecer as versões apuradas pela perícia que divergiam do depoimento do assassino.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Motorista de F-1000 faz “delivery” de cocaína e acaba preso na Capital
SÃO JOSÉ DO DIVINO
Prefeito de cidade do Piauí morre vítima do novo coronavírus
TRÊS LAGOAS
Polícia atira com bala de borracha em rapaz que ameaçava mãe após surto
CRIATIVIDADE
Escolas estaduais criam canais para compartilhamento de conteúdo
ELDORADO
Dupla invade casa, faz família refém e foge com dinheiro e caminhonete
ESTADO
Estiagem e baixa umidade do ar devem predominar nos próximos meses
LAGUNA CARAPÃ
Veículo é apreendido seguindo para Santa Catarina com 70 kg de maconha
COVID-19
Alerta constante pode causar transtornos a profissionais de saúde
COSTA RICA
Bebê de dois meses cai de rede e sofre traumatismo craniano
Saúde e Bem-estar
5 motivos para você doar sangue

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
PANDEMIA
Bebê de três meses é novo caso confirmado de coronavírus em MS
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato
BATAYPORÃ
Paciente com suspeita de coronavírus é internada em estado grave em Dourados