Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Aced quer prorrogação de pagamento de tributos municipais

31 março 2020 - 18h35Por Da Redação

A ACED (Associação Comercial e Empresarial de Dourados) encaminhou ofício à Prefeitura Municipal, nesta terça-feira, dia 31, solicitando prorrogação ou parcelamento dos impostos municipais durante os meses em que perdurar a paralização do comércio e indústrias, em decorrência da pandemia do vírus Covid-19. 

Com o comércio fechado desde o último dia 23, à partir de um decreto da administração pública que está seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, a Aced busca a prorrogação ou suspensão do prazo para pagamentos dos tributos ISS, ITB e IPTU, além do parcelamento existente e a conceder de taxas municipais como alvarás de licença e localização, taxa dos processos de licenciamento ambiental, taxa de alvará sanitário (relativos aos fatos geradores de março, abril e maio de 2020), tendo como forma de pagamento, os recolhimentos das competências suspensas, sendo dividido em seis parcelas fixas, como sugestão para pagamento a partir de 20 de agosto 2020.

Para o presidente da ACED, Nilson Santos, diante de todo esse caos, essa será uma preocupação a menos para os empresários. “Assim como o Governo Federal e Estadual, que está buscando formas de ajudar o empresário diante do fechamento das empresas para que haja eficácia no isolamento social, a administração municipal também precisa fazer a parte dela e, tenho certeza, que poderemos contar a prefeitura de Dourados”, disse. 

Iniciativas como essa, que tem o objetivo de ajudar os empresários que tiveram que fechar as portas neste momento, começou pelo Ministério da Economia, que prorrogou o pagamento dos tributos federais do Simples Nacional. Dessa forma, o acerto referente aos meses de março, abril e maio deste ano ficou postergado para outubro, novembro e dezembro, respectivamente. 

"Nesta terça-feira, a prefeita Délia Razuk fixou o dia 7 de abril como nova data para análise da questão do fechamento do comércio e anunciou que a fiscalização será intensificada para garantir o cumprimento das restrições constantes do Decreto 2.480 de 23 de março. Por isso a importância de manter o isolamento social neste momento, para podermos retornar o mais breve possível", enfatizou o presidente da ACED, Nilson Santos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORREIOS
Cadela encontra droga avaliada em R$ 200 mil em encomendas despachadas
ECONOMIA
Senado Federal aprova MP do aumento salário mínimo para R$ 1.045
CORUMBÁ
Cinco funcionários são presas acusadas de venda e receptação de tijolos
PROTOCOLOS
Comitê de ações da UEMS publica Plano de Biossegurança Institucional
POLÍTICA
Planalto teme que quebra de sigilo repercuta na cassação de Bolsonaro
CAPITAL
Homem acusado de esfaquear a mãe e um amigo da ex-mulher é preso
REMÉDIO CONTRA MALÁRIA
França proíbe uso da hidroxicloroquina para tratamento da Covid-19
PONTA PORÃ
Ambiental autua homem em R$ 15 mil por maus-tratos a animais
DATAFOLHA
Para 61% dos que viram reunião, Bolsonaro quis interferir na PF
POLÍCIA
Idosa é agredida após ter a casa invadida por morador de rua

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher