Menu
Busca sábado, 28 de março de 2020
(67) 9860-3221

Aced formará comissão para discutir alterações no código tributário

16 janeiro 2013 - 08h25

A Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados) realizou na manhã de ontem, dia 15 de janeiro, uma reunião com o prefeito de Dourados, Murilo Zauith, e com o Secretário de Fazenda, Walter Carneiro Júnior, para tratar sobre as alterações no Código Tributário do município.

Empresários, prestadores de serviço e representantes de entidades de classe participaram do encontro em busca de mais informações a cerca de um assunto que causou polêmica no final do ano passado.

O presidente da ACED, Francisco Eduardo Custódio, iniciou falando sobre o número de inadimplentes que existem no município, onde a dívida ultrapassa mais de R$ 16 milhões e há aproximadamente 52 mil consumidores inscritos no banco de dados do SCPC, dinheiro “morto” que poderia circular e aquecer a economia da cidade. “O banco de dados do SCPC vem crescendo a níveis alarmantes, o que significa que as pessoas não tem condições de arcar com despesas extras tão altas”, explicou.

Ainda segundo Custódio, a “ACED acredita que a alteração deve acontecer, pois ajuda a promover a formalização dos setores em Dourados, mas não com os valores exorbitantes”. Para o contabilista Delson Lazzarini, “Dourados precisa se sustentar e com os valores publicados anteriormente não há condição do empresário honrar com seus compromissos”. Murilo Zauith ouviu atentamente às reivindicações dos empresários e sugeriu que até março fosse formada uma comissão técnica de três pessoas, indicadas pela ACED, para discutir o problema com profissionalismo.

“Quero fazer justiça fiscal com imparcialidade. A comissão técnica precisa ter a mentalidade em pensar coletivo e não em benefício próprio”, enfatizou Zauith, que disse que “a ACED será parceira na construção de uma Dourados melhor”.

Os empresários entraram em acordo o que demonstrou que a resposta do prefeito foi de encontro aos anseios da classe empresarial. O gestor indicou inclusive que cases de sucesso em outros municípios fossem analisados, adaptados e servissem como modelo à realidade de Dourados para reformular o Código Tributário. Custódio concluiu agradecendo o posicionamento de Murilo Zauith em escutar as propostas da entidade e por manter o espírito de liderança que Dourados merece.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FRONTEIRA
Jovem é encontrado desacordado após ser espancado no meio da rua
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
REGIONAL
Em parto raro, gêmeos nascem na maternidade do Hospital de Ponta Porã
ARTIGO
Cenários para o Covid-19 e a capacidade do sistema de saúde em MS
CAPITAL
Motorista bêbado é preso em flagrante após capotar carro na BR-262
AVANÇO DO COVID-19
Brasil tem 3.904 casos confirmados e 114 mortes pelo novo coronavírus
MEIO AMBIENTE
Polícia Militar Ambiental captura capivara no centro da cidade de Coxim
PANDEMIA
Estudantes intercambistas poderão remarcar viagens sem custo
CAMPO GRANDE
Motorista de F-1000 faz “delivery” de cocaína e acaba preso na Capital
SÃO JOSÉ DO DIVINO
Prefeito de cidade do Piauí morre vítima do novo coronavírus

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
PANDEMIA
Bebê de três meses é novo caso confirmado de coronavírus em MS
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato
BATAYPORÃ
Paciente com suspeita de coronavírus é internada em estado grave em Dourados