Menu
Busca domingo, 19 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
INTERCÂMBIO

Aced apoia investimento de empresários douradenses no Paraguai

31 julho 2014 - 10h51

A Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Aced) apoia a iniciativa do governo paraguaio, que busca atrair investidores brasileiros. Na avaliação da entidade, o país vizinho encontra-se em expansão e seria uma boa alternativa para novos investimentos dos empresários douradenses que desejam expandir os negócios. “O Paraguai vive um bom momento e surge como uma possibilidade para quem deseja investir”, afirma o presidente da entidade, Antônio Nogueira. Segundo ele, a embaixada brasileira apoia este intercâmbio econômico entre os dois países, assim como os governos brasileiro e paraguaio.

Na semana passada, uma comitiva partiu de Dourados rumo a Assunción (Paraguai) com o objetivo de melhorar as relações e promover novos negócios com o país vizinho. Liderada pelo prefeito Murilo Zauith, a missão teve a participação de secretários municipais, vereadores e empresários douradenses – entre eles, Antonio Nogueira a convite do CNI/Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) e representando a Aced.

Após a experiência, Nogueira conta que o governo paraguaio busca a industrialização do país e, para isto, conta com a parceria dos investidores brasileiros. Uma das principais vantagens seria a baixa carga tributária sobre a mão-de-obra, que no país vizinho gira em torno de 10%. No Brasil, o imposto pago pelos empregadores chega à casa dos 110%. Entre as dificuldades enfrentadas pelo país, está a deficiência em transportes e logística – segmento que também está aberto a investimento brasileiro. “O governo abre espaço para investimentos em infraestrutura também. O empresário que quiser investir tem todos os incentivos”, explica o presidente.

De acordo com o governo paraguaio, o país ficou em terceiro lugar no ranking de crescimento mundial em 2013. O que o empresário brasileiro ainda precisa, segundo Nogueira, é perder o preconceito com relação ao país vizinho e estar aberto a novas possibilidades de investimento e geração de empregos.

###Missão de negócios
Durante a missão de negócios ao Paraguai, o grupo douradense participou de reuniões com autoridades locais e instituições paraguaias e prestigiou a Expo Paraguai, umas das maiores exposições internacionais da América Latina. Na feira, além de fazer contatos, o grupo participou de uma roda de negócios.

De acordo com a Prefeitura de Dourados, a equipe douradense conheceu alguns dos projetos estratégicos a serem desenvolvidos pelo Paraguai nos próximos anos, incluindo aeroportos, pontes, linhas de transmissão, rodovias e ferrovias. Estes investimentos do governo paraguaio poderão gerar várias oportunidades de negócios para empresas brasileiras, além de outras áreas em expansão como construção civil e as indústrias têxtil, lubrificantes e de telecomunicações. Segundo informações do governo paraguaio, pelo menos 58% das importações do Paraguai são do Brasil e 39% da Argentina.

De acordo com o prefeito Murilo Zauith, a localização de Dourados é estratégica para esta parceria, estando numa faixa segura a 100 km da fronteira e 600 km da capital Assunción. Uma próxima etapa deste intercâmbio econômico deverá ocorrer em Dourados no mês de outubro, quando uma missão de empresários paraguaios deve participar da 4ª Feira Agrometal.






Deixe seu Comentário

Leia Também

A caminho de hospital, ambulância com paciente grave se envolve em acidente
POLÍCIA
A caminho de hospital, ambulância com paciente grave se envolve em acidente
CIDADES
Prazo para pagar licenciamento de veículos com final 9 termina no dia 30 deste mês
POLÍCIA
Ao defender a mãe, jovem é agredido em bar e fica inconsciente
POLÍCIA
Mulher é atropelada e arrastada por motorista embriagado que não tinha CNH
Mato Grosso do Sul recebe mais 167.530 doses de vacina contra a Covid-19
PANDEMIA
Mato Grosso do Sul recebe mais 167.530 doses de vacina contra a Covid-19
POLÍCIA
Criança de 5 anos morre após pais pararem para ajudar motorista em rodovia
BRASIL
Vulcão nas Ilhas Canárias poderia provocar tsunami no Brasil
POLÍTICA
CPI da Covid deve fechar relatório com pedido de indiciamento de Bolsonaro por prevaricação
BRASIL
Presidente Jair Bolsonaro viaja aos Estados Unidos para assembleia da ONU
ESPORTE
Jardim e Nioaque são campeões da região Oeste da Liga MS de vôlei

Mais Lidas

DOURADOS
Morto durante o trabalho em fazenda tinha 26 anos
ACIDENTE DE TRABALHO
Maquinário cai e mata trabalhador em fazenda entre Dourados e Itahum
'AMIGÃO'
Bêbado bate carro e deixa amigo ferido em canteiro
REGIÃO
Casal precisa ser socorrido após carro quase ser "engolido" pela chuva