Menu
Busca terça, 27 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Ação leva atendimento de saúde à Aldeia Jaguapiru

08 novembro 2017 - 19h05

Na próxima sexta-feira (10), colaboradores, residentes, docentes e acadêmicos do Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD) e da UFGD realizam a primeira edição da ação Ebserh Solidária, iniciativa que tem por objetivo levar atendimentos em saúde a comunidades em situação de vulnerabilidade social.

Em Dourados, a ação será feita em parceria com a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), levando atendimentos à Escola Indígena Tengatui Marangatu e à Unidade Básica de Saúde Jaguapiru II, localizados na aldeia Jaguapiru. Estão envolvidos nas atividades cerca de 130 profissionais, 54 acadêmicos e 27 residentes.

De acordo com levantamento feito pela Sesai, foi identificada uma demanda por aproximadamente 600 procedimentos prioritários em fila de espera, entre consultas e exames, para moradores das aldeias Jaguapiru, Bororó, Panambizinho e de acampamentos próximos.

O objetivo, de acordo com a superintendente do HU-UFGD, Mariana Croda, é fazer dessa ação o impulso inicial para que o hospital intensifique sua assistência aos pacientes indígenas.

“Normalmente, grande parcela dos atendimentos realizados no HU já se refere a pacientes indígenas, chegando a 60% em setores como a Pediatria. Um dos objetivos dessa ação, portanto, é reforçar o compromisso do hospital para com essa população, criando mais caminhos que facilitem seu acesso à assistência”, afirma a gestora.

Atendimentos

A ação, que acontece das 8 às 17 horas, será feita em formato de mutirão e os atendimentos serão ofertados de duas maneiras: por agendamento (via regulação) e por demanda espontânea. Para algumas das atividades, por motivos de logística e infraestrutura, os pacientes já vêm sendo transportados ao HU desde segunda-feira (6).

Com base nos dados fornecidos pela Sesai, o HU-UFGD mobilizou profissionais para atender pacientes que já aguardavam por consultas reguladas em ginecologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, cardiologia e cirurgia geral (consultas pré-operatórias).

Na área de diagnóstico, serão feitos exames laboratoriais e de imagem, entre eles ultrassonografia, raio-X, tomografia, além de eletrocardiogramas e ecocardiogramas. Também haverá atendimentos em odontologia e fonoaudiologia.

Por demanda espontânea – sem agendamento – serão realizadas coletas de sangue para exames de doenças sexualmente transmissíveis e PSA (identifica a existência de câncer de próstata), coletas de material para exame preventivo e análise nutricional, atividades que fazem parte do “Estudo multicêntrico em doenças infecciosas na população indígena da reserva de Dourados”, realizado por docentes e acadêmicos da UFGD e da Unigran.

Além disso, os moradores do local terão acesso a atividades educativas sobre o uso correto de medicamentos, posições que favorecem a evolução do parto, métodos não farmacológicos para alívio da dor e promoção do aleitamento materno. Haverá, ainda, ações especialmente preparadas para crianças, com recreação orientada por profissional de educação física e alunos da Residência Multiprofissional em Saúde e momentos sobre saúde bucal e higiene das mãos.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÂMARA DOS DEPUTADOS
Projeto incentiva turismo sustentável em propriedades da agricultura familiar
TRÂNSITO
Contran publica requisitos para fiscalização da velocidade de veículos
INTERNACIONAL
Presidente da Fifa, Gianni Infantino, é diagnosticado com Covid-19
CAMPO GRANDE
Dupla suspeita de estelionato contra idosos é presa em posse de máquinas de cartão
PANDEMIA
Mato Grosso do Sul registra onze óbitos por coronavírus em 24 horas
BRASIL
Incêndio atinge Hospital Federal de Bonsucesso no Rio de Janeiro
DOURADOS
Motorista é preso após abandonar carro com maconha e tentar fugir a pé
MATO GROSSO DO SUL
Aprosoja instrui agricultores sobre o manejo de pragas na safra 2020/21
OPERAÇÃO HÓRUS
Utilitário apresenta defeito e polícia encontra 580 quilos de maconha em mata
COXIM
Empresário é multado por desmatar área para construir pousada em rancho

Mais Lidas

GRANDE DOURADOS
Cobertura de barracão de cerealista ‘voa’ com o vento; veja vídeo
DOURADOS
Guarda encerra festa organizada por adolescente em plena pandemia, apreende droga e até arma artesanal
DOURADOS
Délia decreta emergência por causa de danos provocados pela tempestade
TEMPESTADE
Chuva e ventos de 46km/h derrubam árvores e levam sujeira às ruas de Dourados