Menu
Busca terça, 20 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
EDUCAÇÃO

Acadêmicos da Unigran são premiados com projeto sobre energia eólica

19 outubro 2017 - 10h29Por Da Redação

Produção de energia limpa, sustentável, em que o elo entre a economia e os benefícios ao meio ambiente se unem: é assim que funciona a energia eólica, que é produzida através de um aerogerador e que transforma o vento captado em eletricidade. Na turbina eólica, pás são movimentadas pela força do vento que transmite essa rotação para um gerador que converte a energia mecânica em elétrica.

Interessados no propósito de captação desse tipo de energia, um grupo de acadêmicos do curso de Engenharia Civil da Unigran se uniu e desenvolveu um projeto inovador, produzindo um aerogerador com materiais alternativos e recicláveis. Foi assim que surgiu a ideia do projeto “Turbina Eólica de Eixo Vertical”, inscrito na III Fecen (Feira de Ciências e Engenharias) da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), trabalho desenvolvido pelos alunos Julio Hikaru Kumori e Renan Martinez, ambos do 4º semestre e Pablo Manfré, que cursa o 8º semestre, orientados pelo professor Wilson Passos. 

Foram selecionados para participar da Fecen 43 estudantes de várias instituições. O projeto do protótipo de turbina eólica dos acadêmicos da Unigran ganhou como melhor trabalho da Feira na categoria ‘Projeto de Graduação’.

De acordo com o Julio Kumori, idealizador do projeto, várias pesquisas foram feitas sobre os modelos de turbinas, hélices e pás, a ideia era escolher a que melhor se adequasse ao clima de Dourados. “Depois de um tempo de estudo e pesquisas teóricas escolhemos o modelo ‘Savonius’ que é com pás, além disso, para desenvolver o projeto utilizamos materiais de resto de obras, como canos de pvc e também latinhas de alumínio e bambu”, disse.  Ainda segundo o acadêmico, o tempo total para desenvolver o projeto foi de seis meses entre pesquisa e produção do protótipo. 

A ideia principal não é armazenar energia através da captação eólica, mas reduzir o consumo de energia gerada por meio das usinas hidroelétricas. Dessa forma, a economia em residências, comércios e indústrias seria bem maior. “Temos que ter ideia de que esse projeto não vai ser uma fonte de energia principal, mas complementar, como a energia solar, a termoelétrica, além de serem limpas, pois não agridem o meio ambiente ao serem geradas”, disse Pablo Mafré. 

A intenção a partir desse projeto é tornar toda a unidade “Cantão do Bosque”, que é o bloco das Engenharias da UNIGRAN, sustentável, conforme explica o professor Wilson Passos. “Nós queremos construir uma turbina em tamanho real para o ‘Cantão’ e temos ainda a ideia de torná-lo 90% sustentável. Queremos então montar uma turbina eólica em tamanho real que contribua para manutenção de energia do prédio. Porque não adianta também só desenvolver tecnologia e não aplicá-la”, finaliza. 


 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CLIMA
Dourados segue em alerta para chuvas intensas até o fim da manhã
AJUDA DO GOVERNO
Auxílio emergencial: 5,6 milhões de pessoas recebem nesta terça-feira
DOURADOS NEWS PERGUNTA
Gestores sempre reclamam do pouco dinheiro repassado à Saúde em Dourados. Como resolver essa situação?
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 29 milhões nesta terça-feira
TV DOURADOS NEWS
No Executivo só existe algo de errado quando a Câmara, de alguma forma, é omissa, diz Lia Nogueira
FRONTEIRA
Cocaína avaliada em R$ 2,3 milhões é encontrada em fundo falso de carreta
SELVÍRIA
Câmara Municipal encerra inscrições para concurso com salários de até R$ 5 mil
MPT/MS
Guarda Mirim de Dourados é beneficiada com recursos trabalhistas
DIA DA VOTAÇÂO
Decreto autoriza uso das Forças Armadas nas eleições municipais
IVINHEMA
Polícia apreende 2,5 toneladas de maconha sob carga de milho

Mais Lidas

IDENTIFICADO
Vítima encontrada sem vida em bairro de Dourados tinha 17 anos
ACIDENTE
Criança de 3 anos se afoga em piscina de clube e socorristas tentam reanimação
DOURADOS
Homem é encontrado morto em frente residência no Parque das Nações I
ACIDENTE
Identificadas vítimas de capotamento na BR-267