Menu
Busca sábado, 06 de março de 2021
(67) 99257-3397
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Romã: uma fruta potente!

E-mail: contatonutrifernanda@gmail.com

01 fevereiro 2021 - 07h23

A romã (Punica granatum L.) é uma fruta que merece destaque, que apesar de bastante conhecida, ainda é pouco consumida no Brasil, seja por acessibilidade ou pelo desconhecimento das pessoas sobre seus potentes benefícios. A importância da romã é milenar, aparece nos textos bíblicos, está associada às paixões e à fecundidade e segundo a crendice popular brasileira, também traz sorte e prosperidade. 

Considerada uma das mais antigas frutas comestíveis, a romã é uma fruta de alto valor nutricional e medicinal, pois é multifuncional e proporciona inúmeros benefícios à saúde diminuindo o risco de várias doenças.  Nos últimos anos tem havido um renovado interesse mundial sobre os benefícios funcionais deste fruto, pois é considerado um alimento funcional e comumente utilizados como suplemento nutricional. 

Beneficiando tanto a estética quanto a saúde, essa fruta de poucas calorias apresenta fibras e uma gama de nutrientes como vitamina C, vitamina K, colina, folato, zinco, selênio e cálcio, além de consideráveis teores de ácidos graxos conjugados.  
Vale destacar que, a atividade antioxidante dos flavonoides obtidos do suco da romã foi observada como próxima à do chá verde e significativamente maior que a do vinho tinto e possui propriedades sobre a pele devido a seus componentes fenólicos que combate o envelhecimento.

A sua casca e seu extrato, são mencionados na cultura popular que, quando fervida em água é recomendada para uso de gargarejo contra inflamação de garganta. Os efeitos clínicos da romã revelam resultados em espécies animais e modelos de doenças humanas e, atualmente, pesquisas científicas utilizam de elementos da planta alegando atividades terapêuticas com efeitos antidiabéticos, anti-hipertensivos, antimicrobianos e antitumorais. O conteúdo de fitoquímicos presente no fruto tem auxiliado no tratamento de diversos tipos de cânceres, revelando-se em um agente anticancerígeno.

A romã também favorece o desempenho esportivo, os nitratos presentes no fruto podem potencializar a circulação de sangue nos músculos favorecendo o atleta a utilizar menos oxigênio em determinado treino ou treinar mais antes de ficar exausto. 
Neste sentido, essa fruta com diversos simbolismos, de sabor peculiar e aspecto diferenciado, pode ser consumida de diversas formas como in natura, sobremesas, sucos, drinks e cápsulas. Pode-se ainda polvilhar as sementes no iogurte, no mingau e, até mesmo, na salada. Portanto, atenção para esses benefícios e comece a usufruí-los, inclua este fruto na sua alimentação! 

Mestranda do Programa de Alimentos, Nutrição e Saúde - Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

Grupo de Pesquisa em Biologia Aplicada à Saúde - UFGD

Especialização em Nutrição Esportiva pela faculdade de Ensino Superior de São Miguel do Iguaçu - FAESI

Pós-graduação em Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia pela Faculdade Ingá- Maring

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Diabéticos podem consumir frutas?
Frutas secas e oleaginosas: uma excelente opção para lanches intermediários
A importância do inhame na alimentação
Por que emagrecer fica mais difícil com a idade?
Romã: uma fruta potente!

Mais Lidas

PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
EXECUÇÃO
Executado na fronteira era publicitário e morador em Dourados
DIÁRIO OFICIAL
Guarda municipal de Dourados condenado por tráfico em SP é demitido
MATO GROSSO DO SUL
Ministro da Justiça lamenta morte de coronel Adib e posta foto antiga do GOF