Menu
Busca terça, 15 de junho de 2021
(67) 99257-3397
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Quais os benefícios e malefícios que a pimenta traz para a saúde?

contatonutrifernanda@gmail.com

17 maio 2021 - 00h03

O fruto da espécie Capsicum, também conhecido como pimenta vermelha, é um dos ingredientes mais utilizados em muitas culinárias do mundo por causa de seu sabor agridoce e pungente único. 

A pimenta é descrita como um alimento funcional com base em suas propriedades antioxidantes, antiinflamatória, antimutagênica e quimiopreventiva. Apresentam como característica sensorial a pungência, decorrente da presença dos capsaicinoides, principalmente da capsaicina. Estas substâncias possuem atividades biológicas, dentre as quais a proteção contra processos oxidativos. Pimentas vermelhas apresentam altos valores vitamínicos além de ser fonte de antioxidantes naturais como a vitamina C, os carotenóides, os quais têm atividade provitamina A, vitamina E, vitaminas do complexo B além de compostos fenólicos.

As pimentas são frequentemente exaltadas por seu efeito termogênico na perda de peso, mas estudos clínicos humanos não demonstraram nenhum efeito significativo na perda de peso ou redução da massa gorda. Além disso, a quantidade de ingestão diária seria elevada, podendo trazer desconforto da pungência.

A sensação de ardência provocada pelos capsaicinóides é percebida pelo organismo humano por receptores químicos que desencadeiam diversos processos fisiológicos, que provocam uma sensação de bem-estar, porém muitos brasileiros gostam de exagerar na hora de temperar os alimentos e isso pode representar um perigo para a saúde, isso porque quando usada em grandes quantidades podem causar danos e efeitos indesejados.

O uso excessivo dos frutos das espécies vegetais do gênero Capsicum deve ser evitado em portadores de gastrite, úlceras pépticas e duodenais, síndrome do colón irritável, durante a gravidez e lactação. Além do mais, as espécies desse gênero botânico podem provocar dermatite de contato e efeitos indesejados como sensação de queimação no estômago, ardência e queimação nos olhos, irritação na pele como coceira e vermelhidão. 

Embora estas espécies vegetais sejam indicadas como agentes digestivos, é aconselhável ter cuidado ao utilizar durante a gravidez, lactação e em pessoas com distúrbios gastrointestinais. No mais, a pimenta apresenta diversos benefícios e deve ser consumida com moderação. Lembre-se que qualquer alimento, quando consumido excessivamente, pode ser prejudicial à saúde.

*Mestra em Alimentos, Nutrição e Saúde - Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Especialização em Nutrição Esportiva pela faculdade de Ensino Superior de São Miguel do Iguaçu - FAESI e Pós-graduação em Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia pela Faculdade Ingá- Maringá (PR). Escreve para o Dourados News. 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

O grão da felicidade
Alimentação do plantonista
Afinal, leite é inflamatório?
Quais são os suplementos que melhoram diretamente o desempenho esportivo?
Quais os benefícios e malefícios que a pimenta traz para a saúde?

Mais Lidas

DOURADOS
Defron desarticula entreposto de cocaína no Campo Dourado
REGIÃO
Homem é executado a tiros na rodoviária de Nova Alvorada do Sul
DOURADOS
Guarda encerra mais uma festa clandestina regada a álcool em meio ao lockdown
DOURADOS
Jovem é encontrado caído em via na área central e estado de saúde é grave