domingo, 23 de janeiro de 2022
Dourados
38°max
24°min
Campo Grande
35°max
23°min
Três Lagoas
39°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Ovos aumentam o colesterol: mito ou verdade?

contatonutrifernanda@gmail.com

01 novembro 2021 - 07h50

Por muito tempo o ovo foi considerado um vilão da alimentação, devido a sua quantidade de colesterol, porém diversos estudos demonstram a não-associação entre a ingestão de ovos e o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. 

Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia a recomendação sobre o consumo de ovos tem sido revista, devido aos diferentes efeitos encontrados nos indivíduos e pesquisas sugerem que a grande quantidade de nutrientes presentes no ovo pode contribuir para controlar o elevado colesterol.

O ovo é um alimento fonte de vários nutrientes, como vitaminas A, D, E, B2 , B9, B12 e colina; minerais e proteínas de alta qualidade. A clara do ovo é rica em proteínas e a gema em lipídeos, vitaminas, minerais e compostos bioativos que melhoram os níveis de marcadores inflamatórios (substâncias relacionadas às alterações metabólicas e ao desenvolvimento de doenças crônicas, como as cardiovasculares e o câncer) e os níveis plasmáticos de HDL-c, quando inseridos em uma alimentação saudável. 

Vale esclarecer, que apesar de o ovo ser rico em colesterol, a ingestão de um ovo ao dia para a população em geral, inclusive pessoas dislipidêmicas, não aumenta os níveis séricos de colesterol e o risco cardiovascular, desde que seja consumida a forma cozida, sejam limitados outros alimentos ricos em colesterol na dieta, como carne vermelha, leite integral, embutidos e outros alimentos de origem animal, e que se mantenham hábitos de vida saudáveis.

O caminho certo é não é proibir o consumo de ovos, mas sim controlar a quantidade consumida, mesmo porque há uma infinidade de benefícios no alimento, além de se tratar de um alimento completo e de alta qualidade e preço acessível, torna-se um alimento mundialmente consumido.

Se inseridos em uma dieta variada, os ovos podem ser consumidos diariamente, desde que em quantidades moderadas. O consumo excessivo da proteína do ovo (albumina) pode provocar reações alérgicas e hipersensibilidade alimentares. No mais, inclua ovos na alimentação e evite os fritos e prefira os cozidos, mexidos, omeletes, grelhado, poché (cozido em água) ou como ingredientes nas mais diversas receitas.

*Mestra em Alimentos, Nutrição e Saúde - Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Especialização em Nutrição Esportiva pela faculdade de Ensino Superior de São Miguel do Iguaçu - FAESI e Pós-graduação em Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia pela Faculdade Ingá- Maringá (PR). Escreve para o Dourados News. 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Não tire o feijão da sua alimentação!

Planejamento alimentar

O que fazer para controlar a vontade de comer toda hora?

Ano novo, alimentação nova!

Exageros do final de ano: como lidar?

Mais Lidas

REGIÃO

Grave acidente deixa oito mortos em rodovia

DOURADOS

Morto em confronto, além de ser suspeito de morte de menor, tinha extensa ficha criminal

DOURADOS

Dois são flagrados com droga na PED

TRÁFICO DE DROGAS

Cocaína que saiu da região de fronteira do MS é interceptada em SP