segunda, 04 de julho de 2022
Dourados
32°max
15°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

O que são probióticos?

contatonutrifernanda@gmail.com

16 maio 2022 - 00h03

A flora intestinal, também denominada de microbiota, é o conjunto de microrganismos presentes no trato gastrointestinal que inclui todos os órgãos humanos associados ao processo de digestão. A composição da microbiota intestinal depende de vários fatores, incluindo alterações dietéticas, idade, genes, resposta do sistema imune, administração de drogas, fatores ambientais e psicológicos. 

Probióticos são microrganismos vivos, ou seja, bactérias que quando administradas em quantidades apropriadas conferem propriedades funcionais. Esses microrganismos vivos, atuam na saúde intestinal mantendo o intestino saudável e impedindo o crescimento de organismos nocivos, e também reforçam a barreira intestinal restaurando bactérias após distúrbios causados por doenças ou medicamentos como antibióticos. 

O uso de probióticos de maneira correta e eficaz, contribui positivamente na microbiota intestinal, consequentemente, favorece a imunidade do organismo e pode reduzir o desenvolvimento de doenças, como câncer intestinal e doenças cardíacas. Assim, quando existe algum tipo de desequilíbrio na microbiota, o organismo poderá será afetado. 

Sabe-se que microbiota intestinal está conectada com todo corpo e cérebro. A relação entre a flora intestinal e saúde global do organismo, tem levantado interesse crescente na compreensão dos benefícios da manutenção e/ou modulação da microbiota através do uso de probióticos.

Vale esclarecer, que existem diversos alimentos que são ricos em probióticos e estes devem compor a alimentação diária, como:  iogurtes, kefir e coalhada. Para que um probiótico funcione, seus microrganismos vivos devem atingir o intestino grosso e colonizá-lo, porém, nem todo iogurte, por exemplo, é probiótico. Muitos são produzidos com um tipo de bactéria que não sobrevive no estômago, e, por essa razão, não tem essa ação.

Além de encontrar os probióticos em alimentos, é possível suplementar a alimentação com eles, assim a suplementação de probióticos, junto com o ajuste da alimentação pode modular a microbiota e trazer diversos benéficos a saúde. 

Diante do exposto, é essencial que o nutricionista identifique as principais indicações do uso dos probióticos (doses e períodos de utilização terapêutica), assim como as opções disponíveis no mercado, a fim de auxiliar seus pacientes. Procure um especialista habilitado e nunca compre medicamento sem orientação de um profissional. 

*Fernanda Viana é mestra em Alimentos, Nutrição e Saúde - Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Especialização em Nutrição Esportiva pela faculdade de Ensino Superior de São Miguel do Iguaçu - FAESI e Pós-graduação em Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia pela Faculdade Ingá- Maringá (PR). Escreve para o Dourados News.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Índice glicêmico: saiba como controlar o açúcar no sangue

Nutrição e doenças neurodegenerativas

Alimentação para gastrite: o que consumir e o que evitar

Como consumir frutas nos dias frios?

Seletividade alimentar: saiba como lidar

Mais Lidas

DOURADOS

Idosa cai em golpe do falso sequestro, mas polícia consegue impedir transferência bancária

DOURADOS

Drogado, homem acaba preso após agredir filha e esposa

REGIÃO

Droga apreendida em veículo que capotou é avaliada em 1,5 milhão

RIO BRILHANTE

Caso de homem encontrado morto dentro de residência é investigado