terça, 09 de agosto de 2022
Dourados
16°max
12°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Exageros do final de ano: como lidar?

contatonutrifernanda@gmail.com

20 dezembro 2021 - 00h04

As festas de fim de ano estão chegando e todos se preparam para as confraternizações e comemorações, bem como para desfrutar da mesa farta que a ocasião oferece. É comum comer em excesso diante de pratos apetitosos, sendo impossível muitas vezes resistir, mas claro que exagero e gula são comportamentos que não combinam com vida saudável.

Vale ressaltar que um dos principais erros nessas épocas festivas é ficar muito tempo sem se alimentar. Fazer “regimes” extremos e privar-se da alimentação são estratégias falhas, que faz com que exagere depois. Por isso, nos dias de festas, não se deve ficar em jejum privativo.

Sendo assim, nunca vá com fome a uma festividade, faça um pequeno lanche antes, assim se houver atrasos para servir a ceia não terá fome excessiva na hora de se servir. A privação pode gerar um descontrole em algum momento e episódios de compulsão alimentar.

Grande parte das pessoas que querem emagrecer acreditam que é preciso se sacrificar, se privar, e, quando se dão ao direito de comer algo por prazer, sentem muito medo de engordar e uma enorme culpa. O ato de comer por prazer infelizmente passou a ser associado à falta de disciplina ou força de vontade suficiente para alcançar o peso desejado. 

E em razão dessas situações, é importante esclarecer que os alimentos também possuem valor sociológico, cultural e emocional. A comida não é vilã e sim uma grande aliada do bem-estar e da saúde. O segredo é a forma como comemos, e quando se fala em comer com prazer não é a indução do comer de forma descontrolada e sem critério, e sim que é preciso ampliar a oferta de nutrientes para reeducar o paladar, além do mais quando se alimenta com prazer e sem culpa, se come menos ao longo do tempo, pois assim o saborear apoia ao ato em ficar satisfeito mais cedo.

No mais, procure tirar o foco da comida. Essas datas devem ser especiais, pois é quando encontramos amigos e familiares (quando possível). Então se distraia conversando com os convidados, pois você conseguirá tirar o foco dos alimentos.

Lembre-se: nem tudo está perdido. Se acabou exagerando, o importante é no outro dia voltar à rotina alimentar saudável, em vez de ficar se lamentado e se sentindo culpado. Boas festas!!!

*Mestra em Alimentos, Nutrição e Saúde - Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Especialização em Nutrição Esportiva pela faculdade de Ensino Superior de São Miguel do Iguaçu - FAESI e Pós-graduação em Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia pela Faculdade Ingá- Maringá (PR). Escreve para o Dourados News. 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prazo de validade de vegetais e frutas: Como saber?

Entenda a diferença entre iogurte e bebida láctea

Dicas de nutrição para controlar a diarreia

Como diminuir a ingestão de sal na alimentação?

O uso de termogênico é seguro?

Mais Lidas

BR-376

Lutador de MMA douradense é preso com mais de 40 quilos de cocaína

TRAPALHADA

Ladrão esquece mochila aberta e dinheiro roubado voa durante fuga

Adolescente fica gravemente ferido após caminhonete capotar na MS-141

COXIM

Casal de idosos foi morto por menores que levaram R$ 20