Menu
Busca quarta, 21 de abril de 2021
(67) 99257-3397
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Diabetes gestacional

contatonutrifernanda@gmail.com

08 março 2021 - 00h04

O Diabetes Mellitus Gestacional é conceituado como qualquer grau de intolerância à glicose com início ou reconhecido pela primeira vez na gestação, podendo persistir ou não após o parto. A ocorrência de gestações em mulheres com diabetes pré-gestacional tem aumentado nas últimas décadas, considerada uma das complicações metabólicas mais intercorrentes na gravidez.

Vale destacar que a gravidez altera hábitos alimentares, padrões de atividade física, estado emocional, sensibilidade à insulina e produção de hormônios. O estado nutricional e o controle metabólico na gestação são fatores importantes para o bom resultado da gravidez e para a manutenção da saúde da mãe e de seu filho. 

Neste sentido, o rastreamento da doença e a manutenção adequada dos níveis glicêmicos em gestantes contribuem para minimizar o risco de complicações materno-fetais e pós-natais, pois o diabetes gestacional pode resultar em complicações fetais graves e seu efeito começa na fertilização e na implantação, afetando de modo particular a organogênese. Esse fato faz aumentar o risco de aborto precoce, defeitos congênitos (malformações) e retardo no crescimento fetal, sobretudo nos casos tratados de maneira inadequada.

Entretanto, durante a gravidez, o estado nutricional adequado resultante da associação alimentar equilibrada e ganho de peso dentro das faixas de normalidade, pode contribuir para a diminuição da morbimortalidade materno-infantil. O tratamento do diabetes gestacional é importante para evitar a morbimortalidade materno–fetal e a terapia nutricional é a primeira opção de tratamento para a maioria das gestantes com diabetes gestacional. 

O tratamento dietético deve ser abrangente, com atenção para o fracionamento, composição das refeições e grupos alimentares. Deve-se investigar também a utilização dos edulcorantes presentes nos adoçantes de mesa e nos produtos diet ou light, visando a identificar o uso de edulcorantes contraindicados no período gestacional. Como não há estudos humanos precisos sobre segurança durante a gravidez, recomenda-se que os adoçantes sejam usados com parcimônia. Gestantes com diagnóstico de diabetes devem receber orientação dietética individualizada, necessária para atingir as metas do tratamento. A dieta deve conter os nutrientes necessários para o desenvolvimento fetal adequado.

Deve-se observar que dietas muito restritivas (menos de 1500 kcal/dia) podem causar cetonemia e não são recomendadas. O plano alimentar dever ser baseado em um horário rigoroso e intervalos regulares, com cerca de cinco a seis refeições por dia, divididas em porções menores.

A adesão ao plano alimentar saudável, atendendo aos princípios de quantidade, qualidade, padrão das refeições e adequação do ganho de peso, é fundamental para o bom controle glicêmico, contribuindo para a incorporação de adequado estilo de vida, mesmo após o término da gestação.

Contudo, o acompanhamento nutricional é fundamental para a gravidez complicada pelo Diabetes Mellitus Gestacional e é eficaz para prevenir complicações perinatais. Por meio de uma alimentação adequada é possível evitar maiores riscos para a mãe e para o neonato. É necessário influenciar positivamente a gestante sobre o controle glicêmico, o controle de peso, a qualidade da alimentação e a incorporação de hábitos de vida saudáveis.

*Mestranda do Programa de Alimentos, Nutrição e Saúde - Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Grupo de Pesquisa em Biologia Aplicada à Saúde - UFGD, Especialização em Nutrição Esportiva pela faculdade de Ensino Superior de São Miguel do Iguaçu - FAESI e Pós-graduação em Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia pela Faculdade Ingá- Maringá (PR). Escreve para o Dourados News. 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

O disfarce do açúcar nas indústrias: como o açúcar pode se esconder nos rótulos?
Descongelar alimentos de forma correta garante mais sabor e qualidade do alimento
Afinal, suplementação de colágeno funciona?
Abacate: a fruta do momento
O papel da nutrição na enxaqueca

Mais Lidas

DOURADOS/ITAPORÃ
Produtor rural morto em acidente na MS-156 voltava de aniversário em pesqueiro
DOURADOS
Perícia não encontra sinais de violência e morte de mulher pode ter sido por causas naturais
DOURADOS
Mãe de menor que organizou festa clandestina com mais de 40 pessoas é presa
TIRADENTES
Comércio, vacinação e bancos; veja o que funciona no feriado em Dourados