domingo, 23 de janeiro de 2022
Dourados
38°max
24°min
Campo Grande
35°max
23°min
Três Lagoas
39°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Creatina: conheça esse suplemento nutricional

contatonutrifernanda@gmail.com

13 dezembro 2021 - 00h04

A creatina monoidratada é a forma mais utilizada em suplementos nutricionais, geralmente comercializada na forma de cápsulas, líquida ou em pó. A sua forma pura não possui valor energético. Como suplemento dietético pode contribuir no aumento de força e potência muscular, colaborando na massa magra.  Por esse motivo, é uma escolha popular para atletas de força como fisiculturistas, praticantes de CrossFit, velocistas ou jogadores de futebol.

Vale a pena esclarecer que a creatina é naturalmente produzida pelo organismo ou adquirida na alimentação por meio da ingestão de proteína animal (especialmente carnes) e da suplementação. Sua principal função é participar da regeneração de energia (ATP) durante exercícios de alta intensidade. Contudo, a regulamentação brasileira estabelece que o produto pronto para consumo deve conter entre 1,5 a 3 g de creatina na porção, formulada com grau de pureza mínima de 99,9%, com ou sem adição de carboidratos e sem fibras alimentares. 

É preciso considerar também que, não há evidências científicas de que o uso crônico ou agudo de creatina cause efeitos prejudiciais em pessoas saudáveis e a dosagem difere de acordo com o objetivo: saturação ou manutenção. Para o período de saturação, recomenda-se de 20 a 30 g/dia ou 0,3 g/ kg, fracionados em 4x/dia, durante 7 dias. Já no período de manutenção 3 a 5 g/dia ou 0,03 g/ kg, initerruptamente. 

Diferentes esportes e disciplinas exigem estratégias específicas baseadas nas características fisiológicas do exercício, tipo de treinamento (duração, frequência, intensidade), nível de aptidão física e saúde do indivíduo. Além disso, estratégias nutricionais específicas devem ser utilizadas em cada etapa. Treinamento, pré-competição, competição e recuperação. Não utilize suplementos sem prescrição. Procure um nutricionista!

*Mestra em Alimentos, Nutrição e Saúde - Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Especialização em Nutrição Esportiva pela faculdade de Ensino Superior de São Miguel do Iguaçu - FAESI e Pós-graduação em Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia pela Faculdade Ingá- Maringá (PR). Escreve para o Dourados News. 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Não tire o feijão da sua alimentação!

Planejamento alimentar

O que fazer para controlar a vontade de comer toda hora?

Ano novo, alimentação nova!

Exageros do final de ano: como lidar?

Mais Lidas

REGIÃO

Grave acidente deixa oito mortos em rodovia

DOURADOS

Morto em confronto, além de ser suspeito de morte de menor, tinha extensa ficha criminal

DOURADOS

Dois são flagrados com droga na PED

TRÁFICO DE DROGAS

Cocaína que saiu da região de fronteira do MS é interceptada em SP