terça, 09 de agosto de 2022
Dourados
16°max
12°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Creatina: conheça esse suplemento nutricional

contatonutrifernanda@gmail.com

13 dezembro 2021 - 00h04

A creatina monoidratada é a forma mais utilizada em suplementos nutricionais, geralmente comercializada na forma de cápsulas, líquida ou em pó. A sua forma pura não possui valor energético. Como suplemento dietético pode contribuir no aumento de força e potência muscular, colaborando na massa magra.  Por esse motivo, é uma escolha popular para atletas de força como fisiculturistas, praticantes de CrossFit, velocistas ou jogadores de futebol.

Vale a pena esclarecer que a creatina é naturalmente produzida pelo organismo ou adquirida na alimentação por meio da ingestão de proteína animal (especialmente carnes) e da suplementação. Sua principal função é participar da regeneração de energia (ATP) durante exercícios de alta intensidade. Contudo, a regulamentação brasileira estabelece que o produto pronto para consumo deve conter entre 1,5 a 3 g de creatina na porção, formulada com grau de pureza mínima de 99,9%, com ou sem adição de carboidratos e sem fibras alimentares. 

É preciso considerar também que, não há evidências científicas de que o uso crônico ou agudo de creatina cause efeitos prejudiciais em pessoas saudáveis e a dosagem difere de acordo com o objetivo: saturação ou manutenção. Para o período de saturação, recomenda-se de 20 a 30 g/dia ou 0,3 g/ kg, fracionados em 4x/dia, durante 7 dias. Já no período de manutenção 3 a 5 g/dia ou 0,03 g/ kg, initerruptamente. 

Diferentes esportes e disciplinas exigem estratégias específicas baseadas nas características fisiológicas do exercício, tipo de treinamento (duração, frequência, intensidade), nível de aptidão física e saúde do indivíduo. Além disso, estratégias nutricionais específicas devem ser utilizadas em cada etapa. Treinamento, pré-competição, competição e recuperação. Não utilize suplementos sem prescrição. Procure um nutricionista!

*Mestra em Alimentos, Nutrição e Saúde - Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Especialização em Nutrição Esportiva pela faculdade de Ensino Superior de São Miguel do Iguaçu - FAESI e Pós-graduação em Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia pela Faculdade Ingá- Maringá (PR). Escreve para o Dourados News. 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prazo de validade de vegetais e frutas: Como saber?

Entenda a diferença entre iogurte e bebida láctea

Dicas de nutrição para controlar a diarreia

Como diminuir a ingestão de sal na alimentação?

O uso de termogênico é seguro?

Mais Lidas

BR-376

Lutador de MMA douradense é preso com mais de 40 quilos de cocaína

TRAPALHADA

Ladrão esquece mochila aberta e dinheiro roubado voa durante fuga

Adolescente fica gravemente ferido após caminhonete capotar na MS-141

COXIM

Casal de idosos foi morto por menores que levaram R$ 20