Menu
Busca quinta, 03 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Conheça os principais erros nutricionais de quem pratica esporte

E-mail: contatonutrifernanda@gmail.com

16 novembro 2020 - 00h04
Atualmente, a Nutrição Esportiva está muito presente nas mídias e muitos leigos no assunto acreditam que dominam os conteúdos da área. Além disso, por ser uma ciência ”nova”, muitas vezes os especialistas do campo se deparam com muitas mudanças conceituais e necessitam aprender a lidar com tal fato, uma vez que, muitos pacientes já chegam ao consultório com ideias prontas sobre o que é interessante ou não introduzir na alimentação. 
 
Os profissionais que compreendem de fisiologia e bioquímica do exercício, além de nutrição, estão aptos a corrigir erros na alimentação. Eles atuam com o objetivo de aprimorar o desempenho em determinada atividade, além de promover a melhor recuperação do organismo. É importante entender que, além da introdução de uma nova dieta, certos erros devem ser corrigidos para que o praticante de atividade física ou atleta possa alcançar os resultados esperados. Levando este cenário em consideração, os cinco erros nutricionais mais comuns de quem pratica esporte são:
 
1) O uso de suplementos nutricionais de forma não orientada ou sob a direção de profissionais não qualificados, sem qualquer ajuste prévio da dieta;
 
2) Superestimação da ingestão de proteínas por praticantes de musculação. Neste caso, uma boa distribuição de energia é muito mais eficaz, o que regula as proteínas, carboidratos e gorduras de acordo com o peso de cada pessoa.
 
3) “Cortar carboidratos”. O carboidrato é de suma importância para obtenção e evolução no desempenho esportivo. Esses “cortes radicais” podem desencadear futuramente um processo de compulsão alimentar, além de outros efeitos colaterais. Não tenha medo dos carboidratos, basta ingeri-los na dose certa.
 
4) “Contar calorias”. A ciência da nutrição vai muito além da ingestão calórica e cada organismo queima calorias em intensidades diferentes. Não se preocupe apenas com as calorias, mas sim com a qualidade nutricional de sua dieta. 
 
5) Não beber água suficientemente. Muitos sabem que a dieta é primordial para bons resultados esportivos e então se preocupam com carboidratos, proteínas, gorduras e até vitaminas e minerais, mas esquecem um nutriente extremamente importante: a água. Sem água as funções vitais não operam bem, o organismo não atinge a queima de gordura corporal desejada, não se obtêm energia necessária para vida
diária e não ocorre a absorção adequada dos nutrientes dos alimentos.
 
No mais, reflita nessas dicas e lembre-se em procurar sempre orientação profissional. A nutrição esportiva é necessária para melhor cuidar dos praticantes de exercícios físicos e atletas porque direciona a nutrição de acordo com as características pessoais de um indivíduo, intensidade e duração da atividade física, fornecendo os nutrientes necessários para cobrir as necessidades calóricas e reduzir os efeitos indesejados do exercício.
 
*Mestranda em Alimentos, Nutrição e Saúde. Possui especialização em Nutrição Esportiva, Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia - CRN3 27940. Escreve para o Dourados News.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dietas restritivas e transtornos psicológicos
Intolerância à lactose
Conheça os principais erros nutricionais de quem pratica esporte
Como a alimentação pode influenciar no câncer de próstata?
Associação da deficiência de vitamina B12 e a depressão

Mais Lidas

PANDEMIA
Casos de coronavírus levam fechamento de três agências bancárias em Dourados
POLÍCIA
Homem é encontrado morto em ponte próximo à Vila Cachoeirinha 
MAUS TRATOS
Mãe é denunciada após apagar cigarro na mão da filha em Dourados
CAARAPÓ
Jovem que matou companheira com mata-leão é autuado em flagrante por homicídio doloso