quarta, 06 de julho de 2022
Dourados
31°max
14°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Compulsão alimentar: como controlar?

contatonutrifernanda@gmail.com

23 maio 2022 - 00h03

Os transtornos alimentares (TA) são quadros psiquiátricos caracterizados por profundas alterações no comportamento alimentar e disfunções no controle de peso e na forma corporal, que levam a sérios prejuízos clínicos, psicológicos e de convívio social.

Também conhecido como comer compulsivo, o Transtorno de Compulsão alimentar (TCA) é caracterizado por episódios recorrentes de descontrole alimentar, conhecidos como compulsão alimentar, na ausência de comportamentos compensatórios inadequados com acentuado estresse e desconforto associado ao episódio. Também se caracteriza por comer muito mais rápido que o normal, comer até sentir desconforto físico (devido a uma sensação de plenitude no estômago), ingerir grandes quantidades mesmo que não se esteja realmente com fome e preferir comer sozinho porque se envergonha da quantidade de alimentos.

Vale notar, que a maioria das pessoas com TCA, inicialmente busca tratamento para perda de peso e muitas vezes não relatam comer em excesso. Esses pacientes têm dificuldade em identificar seu problema subjacente, não conseguem ver os "gatilhos" para o as compulsões alimentares e apresentam características de impulsividade, desorganização e dificuldade em manter o controle, o que pode dificultar a descrição precisa de sua condição. Portanto, o nutricionista profissional deve examinar a fundo a história nutricional, escutar ativamente, oferecer mensagens de comunicação positivas e concentrar-se na mudança de comportamento, propondo uma abordagem simples, concreta, realista e flexível que conduza a soluções viáveis.

O tratamento nutricional deve ser focado primeiramente na correção do comportamento alimentar inadequado. Ademais, estratégias que ensinam a comer com atenção plena (mindful eating) e comer intuitivo podem ser aplicadas para auxiliar no reconhecimento e respeito das sensações internas de fome, saciedade e vontade, ensinando a diferenciá-las das emoções e não usando comida como estratégia para distração e acolhimento. 

Com isto em mente, há uma série de técnicas de comer com atenção plena para pacientes com compulsão alimentar, sendo elas:

- Excluir estímulos externos tais como televisão, telefone celular, computador e outros que possam interferir na atenção à comida durante a refeição; 

- Observar os níveis de fome e saciedade antes de iniciar a refeição;

- Respirar devagar e com atenção algumas vezes antes de começar a comer, apoiar o talher a cada vez que levar a comida à boca e prestar atenção na maneira como o corpo reage ao alimento;

- Observar a aparência e sentir o cheiro da comida. Prestar atenção ao sabor, ao aroma e à textura de cada porção de comida que se coloca à boca;

- Checar o grau de fome e saciedade durante e no final da refeição, priorizando comer quando se está com uma fome inicial e parando de comer quando se está saciado – ou seja, não sobrecarregado.

No entanto, a atuação do nutricionista visa à obtenção e manutenção de um peso saudável, compatível com a realidade e a incorporação de mudanças de comportamento alimentar, com normalização da percepção de fome e saciedade, correção de sequelas biológicas da obesidade, amenizar os prejuízos emocionais e estabelecimento de uma estrutura alimentar adequada. O restabelecimento de um padrão alimentar adequado é uma das partes mais importantes e difíceis no tratamento do TCA. O tratamento deve promover hábitos alimentares saudáveis e melhorar a relação do paciente com os alimentos e seu corpo. Procure a ajuda de um nutricionista.

*Fernanda Viana é mestra em Alimentos, Nutrição e Saúde - Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Especialização em Nutrição Esportiva pela faculdade de Ensino Superior de São Miguel do Iguaçu - FAESI e Pós-graduação em Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia pela Faculdade Ingá- Maringá (PR). Escreve para o Dourados News.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Índice glicêmico: saiba como controlar o açúcar no sangue

Nutrição e doenças neurodegenerativas

Alimentação para gastrite: o que consumir e o que evitar

Como consumir frutas nos dias frios?

Seletividade alimentar: saiba como lidar

Mais Lidas

DOURADOS

Cinco professores estavam em veículo que se envolveu em acidente no Itahum

DOURADOS

Prefeitura abre concurso com quase 60 vagas com salários que chegam a R$ 8,3 mil

DOURADOS

Cantor é outro envolvido em acidente que deixou feridos entre Dourados e Itahum

CRIME PASSIONAL

Autor de homicídio no Flórida se passou pela própria esposa para atrair vítima e cometer o crime