Menu
Busca quarta, 01 de abril de 2020
(67) 9860-3221
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Como fortalecer a imunidade através da alimentação?

E-mail: contatonutrifernanda@gmail.com

02 março 2020 - 00h03

O sistema imunológico do corpo humano é a defesa do organismo contra agentes infecciosos, e é constituído por uma complexa rede de células e moléculas, que têm o papel de nos defender contra bactérias e vírus contidas no ar. Este sistema tem importante relação com a nutrição, pois há interação entre a ingestão adequada de nutrientes, o aumento no estresse oxidativo e a ocorrência de processos infecciosos, com depleção imunitária. 

O que você come influencia sua saúde, reflete em sua imunidade, diminui as chances de ficar doente e ajuda na recuperação mais rapidamente, mas é importante dizer, que não existe um alimento perfeito, e sim quanto mais variada e colorida a alimentação, maiores as chances de ter um sistema imunológico bem preparado. Em destaque os principais micronutrientes que agem em benefício do sistema imunitário, são: 

- Ferro: a deficiência de ferro é a carência nutricional mais prevalente no mundo. As principais fontes deste mineral são as carnes, principalmente as vermelhas e vísceras, pois possuem maior quantidade de ferro heme. Destaca-se que o consumo deve ser feito com moderação e com acompanhamento nutricional, já que o excesso de carne vermelha pode estar ligado a problemas no coração.

- Zinco: é um micronutriente encontrado principalmente em carnes, laticínios, frutos do mar e cereais. Atua como cofator em uma variedade de sistemas enzimáticos, sendo vital para a síntese proteica.

- Vitamina D:  pode ser encontrada em alimentos como óleo de peixe, óleo de fígado de bacalhau e gema de ovo, porém sua ação depende da síntese na pele pela exposição solar.

- Vitamina A: desempenha várias funções no organismo, sendo importante para a visão, reprodução, defesa antioxidante e, claro, na função imunológica. Esta vitamina é encontrada em fontes dietéticas de origem animal, como fígado, peixe, leite e derivados. E os óleos, frutas e vegetais possuem carotenóides, que são convertidos em vitamina A no organismo. 

-Vitamina E: é encontrada em grande variedade de alimentos de origem vegetal (óleos vegetais, germe de trigo, nozes e grãos integrais), sua deficiência pode comprometer vários aspectos da resposta imune.

-Vitamina C: presente principalmente em frutas e hortaliças, como frutas cítricas, frutas vermelhas, batatas, tomates, repolho, brócolis e etc... Esta vitamina possui atividade antioxidante, a qual evita o dano oxidativo das células imunes.

Por último, mas não menos importante, estudos têm mostrado que uma alimentação regrada, juntamente com nutrientes específicos, beneficia a resposta imunológica quando associados também ao exercício físico, então apostando em um estilo de vida equilibrado, é possível ter um sistema imunológico eficaz, conferindo ao indivíduo uma verdadeira “saúde de ferro”.

*Especialização em Nutrição Esportiva, Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia - CRN3 27940. Escreve para o Dourados News.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Alimentação durante a quarentena: como driblar a ansiedade?
COVID-19 coronavírus: fuja das fake news que envolvam nutrição
Brasileiro consome sal em excesso, mas não tem consciência disso
Mulheres, dietas e autoestima
Como fortalecer a imunidade através da alimentação?

Mais Lidas

REGIÃO
Ex-assessor de Mandetta é encontrado morto em apartamento na Capital
COVID-19
Primeiro óbito por coronavírus do Estado é registrado em Dourados
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados
COVID-19
MS tem oito confirmações de coronavírus em 24h e suspeitos chegam a 51