Menu
Busca sexta, 24 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Cálcio: indispensável em todas as idades

contatonutrifernanda@gmail.com

16 agosto 2021 - 00h03

Considerado um importante mineral para todas a funções vitais do organismo, o cálcio não é só indicado para tratar osteoporose. Leite, iogurte, queijo, coalhada, e alguns vegetais são exemplos de alimentos fontes de cálcio. Este micronutriente é um dos sais minerais mais importantes para o organismo e responsável pela formação da massa óssea e dos dentes. Ele desempenha um papel fundamental não apenas na contração muscular, mas também na transmissão de impulsos nervosos e na coagulação do sangue.

Um exemplo típico de uma dieta desequilibrada é uma ingestão elevada ou suficiente de cálcio em algumas fases da vida (crianças e idosos) e uma deficiência de cálcio em outras (idade adulta). Isto é muito preocupante porque quando o cálcio é deficiente, o mineral não circula no organismo, então o corpo obtém tudo que precisa dos ossos, que são o verdadeiro reservatório deste nutriente, levando a unhas fracas, cãibras, aumento da pressão arterial, irritabilidade, osteoporose e cáries dentárias.

Diante do exposto, a nutrição é a base da boa saúde. Se o que comemos não nos proporciona os nutrientes necessários, nosso corpo reclamará.

Essa é a regra que todos nós sabemos, mas não cumprimos.

Como o leite é uma das melhores fontes do cálcio, por mais que exista uma vertente contrária ao seu consumo, o leite traz benefícios à saúde, sim. Ele ajuda na prevenção da síndrome metabólica, na redução da pressão arterial, na prevenção do diabetes tipo 2 e, claro, da osteoporose, pois quando o assunto é ingestão de cálcio, a bebida ainda é uma das fontes mais importantes do nutriente.

Para que as pessoas com intolerância à lactose não prejudiquem a saúde pela falta do mineral, é possível encontrar no mercado várias fórmulas lácteas isentas de lactose e também os leites de soja enriquecidos com cálcio. Outra boa opção é se beneficiar por meio das fontes vegetais e realizar acompanhamento médico e nutricional.

Vale destacar que a formação da massa óssea não depende de um só mineral (cálcio). Há muitos outros nutrientes que agem em conjunto com o cálcio, entre eles vitaminas, minerais e aminoácidos. Por isso a importância de uma alimentação variada e balanceada. 

No mais, lembre-se: o leite e seus derivados não deixam de ser nutritivos e necessários quando nos tornamos adultos!

*Mestra em Alimentos, Nutrição e Saúde - Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Especialização em Nutrição Esportiva pela faculdade de Ensino Superior de São Miguel do Iguaçu - FAESI e Pós-graduação em Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia pela Faculdade Ingá- Maringá (PR). Escreve para o Dourados News. 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Setembro Amarelo: transtornos alimentares são fatores de risco ao suicídio
Sarcopenia e o consumo de proteína
Cortar o jantar não emagrece
Iogurte: aprenda como escolher a melhor opção
Alho: invista nesse tempero natural

Mais Lidas

PEDRO JUAN CABALLERO
Adolescentes desaparecidas na fronteira são localizadas
FRONTEIRA
Adolescentes brasileiras estão desaparecidas desde o último sábado
TRAGÉDIA 
Motociclista morre na BR-163 em Dourados após bater em uma capivara 
CRONOGRAMA
Questões técnicas atrasam obras e aeroporto de Dourados não abrirá esse ano