Menu
Busca quarta, 01 de abril de 2020
(67) 9860-3221
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

Arroz parboilizado preserva mais propriedades nutritivas naturais do que o branco polido

E-mail: contatonutrifernanda@gmail.com

17 fevereiro 2020 - 00h02

O grão de arroz é constituído por diferentes camadas. Embaixo da casca, extraída para o consumo humano, há uma série de estruturas de diversos nomes, chamadas popularmente de farelo. Sob o farelo, o endosperma – temos a parte branca, chamado de arroz branco. E, na base do grão, está o gérmen, responsável pela germinação do grão. Quando só a casca é removida, obtêm-se o arroz integral. Quando há uma etapa a mais de beneficiamento – o polimento – o arroz é chamado de polido. O polimento remove o farelo, por abrasão.

A diferença entre eles (arroz branco e parboilizado) é que o parboilizado passa por um processo de parboilização, sendo quase um pré-cozimento, e durante este processo os nutrientes as vitaminas e minerais (solúveis em água) são distribuídos por todo o grão. A imersão do grão em água quente faz que as fibras e nutrientes do arroz não sejam perdidos.

Sendo assim, a parboilização, um processo que auxilia para que o arroz absorva os nutrientes presentes na casca - que são perdidos no caso do arroz branco polido. Por isso, o arroz parboilizado tem um sabor e uma textura muito parecida com o arroz branco, porém com mais fibras e proteínas, se aproximando do valor nutricional do arroz integral.

Nesse sentindo, o arroz parboilizado é naturalmente mais nutritivo e nenhum composto químico é adicionado ao processo, ocorre que o procedimento que leva até a versão parboilizada deixa o alimento maior, com textura firme e amareladinho, despertando desconfiança nos consumidores.  Sendo bom lembrar que o mesmo também é mais fácil de preparar e ficar soltinho. 

Outras questões a serem consideradas, é que ao ponto de vista nutricional entre as opções mais comuns de arroz no mercado, a recomendação é: integral, parboilizado integral, parboilizado polido e branco polido.

Um ponto que cabe a ser destacado, são de pesquisas mostrarem que a composição entre arroz integral e parboilizado, são muito parecidas em termos de macronutrientes e minerais, com a vantagem do parboilizado integral ter um tempo de vida maior que o integral. Entretanto, o arroz parboilizado perde parte das vitaminas durante o processo de parboilização e por isso o arroz integral ainda é mais interessante do ponto de vista nutricional.

Muitos não sabem, mas o arroz branco polido é praticamente só amido, algo como 90% dos nutrientes ou da matéria seca do grão. O farelo (não presente no arroz polido) concentra proteínas, lipídios, minerais, vitaminas hidrossolúveis – principalmente do complexo B – além de vitaminas lipossolúveis, sendo todos perdidos. 

Por fim, saiba que os processos da indústria alimentícia, como o polimento excessivo dos grãos, podem diminuir a quantidade de nutrientes dos alimentos. Assim, o mais indicado é optar pelos itens menos processados, então a dica final é: para quem não gosta do aspecto do arroz integral, mas não abre mão de uma dieta saudável e nutritiva, o arroz parboilizado é uma boa opção!

*Especialização em Nutrição Esportiva, Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia - CRN3 27940. Escreve para o Dourados News.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Alimentação durante a quarentena: como driblar a ansiedade?
COVID-19 coronavírus: fuja das fake news que envolvam nutrição
Brasileiro consome sal em excesso, mas não tem consciência disso
Mulheres, dietas e autoestima
Como fortalecer a imunidade através da alimentação?

Mais Lidas

REGIÃO
Ex-assessor de Mandetta é encontrado morto em apartamento na Capital
COVID-19
Primeiro óbito por coronavírus do Estado é registrado em Dourados
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados
COVID-19
MS tem oito confirmações de coronavírus em 24h e suspeitos chegam a 51