Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905
COLUNA

Saúde

Fernanda Viana

A “milagrosa” água com limão

E-mail: contatonutrifernanda@gmail.com

04 maio 2020 - 00h03

A receita de água com limão em jejum caiu na rotina de muitas pessoas, por causa das várias promessas que trouxe com ela. Em diversos meios de comunicação como redes sociais, youtube e digital influencers alegam que tomar água com limão em jejum emagrece, mas essa “dica milagrosa” para perder peso não é tão verdadeira assim.

É importante elucidar que o limão é um ótimo aliado para a sua saúde e apresenta numerosos benefícios, pois o fruto atua no sistema imunológico, participa da síntese do colágeno, potencializa a absorção do ferro e possui ação antioxidante, que retardar o processo de envelhecimento celular precoce.

Além do mais, em sua casca encontramos o d-limoneno, que é um composto fenólico que possui ação anti-inflamatória e efeito neutralizador do ácido gástrico, sendo utilizado para o alívio da azia. 

Para ficar claro, tomar um copo de água ao acordar é um ótimo hábito, uma vez que você hidrata seu corpo após muitas horas de sono. No caso da receita água com limão, dizer que essa combinação emagrece é um exagero. 

De fato, o limão é rico em pectina, um tipo de fibra que ajuda a prolongar a sensação de saciedade e, assim, contribuir para o emagrecimento. Portanto, pode ajudar, mas a perda de peso só vai ocorrer se você tiver uma alimentação equilibrada de acordo com os seus objetivos.

Porém, todos precisam saber, que o emagrecimento só ocorre se forem seguidas outras medidas, como a adoção de uma dieta equilibrada e uma rotina de exercícios físicos. É errôneo disseminar a informação de que o consumo de limão emagrece, pois isoladamente ele não vai causar uma perda de peso. Não adianta tomar água com limão todos os dias, em jejum ou não, se o indivíduo ingere mais calorias do que gasta.

Vale destacar que não existe evidências científicas de que a água com limão tenha a função de alcalinizar ou desintoxicar o organismo, e muito menos emagrecer. Sendo assim, importante esclarecer, que o corpo humano não precisa passar por nenhum tipo de “detox” induzido por uma substância externa. Na verdade, a eliminação das toxinas já é feita pelo fígado e pelos rins – e eles são muito mais poderosos do que qualquer artifício milagroso. 

Isso não significa dizer para não consumir esta bebida, mas para não enganar a si mesmo, já que ela não é uma bebida milagrosa! Afinal, se de fato algumas pessoas se sentem particularmente bem após o consumo da bebida, não há nenhuma evidência em particular que proíba o uso. No entanto, é aconselhável prestar atenção especial a algumas contraindicações, como não fazer o uso se apresentar azia, úlceras, náusea, vômito ou enxaqueca, e possuir afta ou lesões na boca.

Em resumo, ainda não temos evidências científicas para confirmar todos os benefícios atribuídos a esta bebida, mas é possível observar que existe um pouco de confusão quando se trata das propriedades do limão, seu suco e seu óleo essencial no meio da comunicação não científica. Por fim, saiba que nenhum alimento, por si só, é capaz de engordar, emagrecer e, muito menos, promover curas milagrosas.

*Mestranda em Alimentos, Nutrição e Saúde. Possui especialização em Nutrição Esportiva, Terapia Nutricional, Nutrição Clínica e Fitoterapia - CRN3 27940. Escreve para o Dourados News.

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Covid-19 e cuidados com delivery
Hiperêmese gravídica: entenda doença que causa náuseas e vômitos excessivos durante a gestação
Data de validade: vamos levar a sério?
A “milagrosa” água com limão
Como evitar a contaminação de Salmonella spp em ovos

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher