segunda, 04 de julho de 2022
Dourados
32°max
15°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Vereador volta a se envolver em polêmica em Dourados

30 dezembro 2015 - 06h36
Lombadas - Duas lombadas eletrônicas instaladas na avenida Weimar Gonçalves Torres estão causando dúvidas aos motoristas que passam pela via. Uma delas, em frente a Escola Estadual Menodora Fialho de Figueiredo, tem marcado velocidade acima da real e outra, um pouco mais a frente, está funcionando de maneira precária.

Perimetral - A Perimetral Norte, obra inaugurada há três anos em Dourados está “esfarelando”. O trecho de aproximadamente 20 quilômetros que desvia o trânsito de caminhões e veículos pesados da região central da cidade se mostra com ondulações e vários buracos em boa parte dela.

História - Dourados e os buracos vivem um caso de “amor antigo”. Na década de 1960, a coluna “Panela de Pressão”, escrita por Antônio Tonani, no Jornal de Dourados, já destacava o problema enfrentado pela população na cidade. Com tiradas sarcásticas, o titular usava o bom humor para mostrar a dura realidade enfrentada pelos douradenses nas ruas do município.

Trechos - Um dos relatos de Tonani publicados no livro ‘Aced 70 anos’, lançado em 2015 e escrito pelo jornalista Luís Carlos Luciano, apontava para uma suposta conversa entre motoristas com os seguintes dizeres: “O pior trecho entre Campo Grande e Ponta Porã é chamado de Marcelino Pires”, em alusão à principal avenida da cidade, toda esburacada. Hoje, a situação não é tão diferente, tanto nas vias centrais, quanto nas periféricas.

UPA - A UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Dourados tem ‘transbordado’ pacientes nesses últimos dias do ano. Vários postos de saúde do município estão trabalhando em regime parcial, através de escala de servidores desde a semana do Natal e todos os casos são levados até o local.

Demora - Na segunda-feira, usuário que precisou do serviço de saúde no município disse ter chegado na unidade às 16h com familiar que apresentava quadro de infecção. Às 16h15 ele passou pela triagem e recebeu o atendimento 20h40. Após a realização de exames, o cidadão saiu da UPA por volta de meia-noite.

Doentes - Como a dor e doença não escolhem data e horário, o trabalho no local é sobrecarregado e os pacientes têm demorado, em média, de três a quatro horas para receber o atendimento na unidade.




Polêmica na rede - O vereador Maurício Lemes (PSB) voltou a se envolver em polêmicas, desta vez, na rede social. Através de sua conta no Facebook, o legislador douradense contou o episódio sobre um passeio com o filho. Durante o momento de lazer, ele foi surpreendido pelo garoto que lhe mostrou duas meninas se abraçando e afirmando ter achado o fato estranho, segundo o próprio vereador.

Bolsonaro - O ‘conto’ foi o suficiente para um verdadeiro debate diante do post de Lemes. Num deles, o vereador chegou a ser chamado de Jair Bolsonaro, deputado federal conhecido pelas polêmicas envolvendo homossexuais. Por outro lado, houve quem buscasse justificativas para explicar a situação aos menores.

Passada de mão - Em junho passado o vereador foi apontado pela colega Virgínia Magrini (PP) de ter passado a mão em suas nádegas após sessão ordinária na Câmara de Vereadores de Dourados. O fato terminou com suspensão do legislador de suas atividades por 20 dias.

2016 - A coluna dá uma pausa nos próximos dias e retorna em 5 de janeiro. Um feliz Ano Novo a todos.

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com.br

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com limite para definições se aproximando, movimentação para alianças ainda é morna em MS

Em recado a pré-candidatos ‘da direita’ em MS, Bolsonaro fala em união

Bolsonaro diz que vai levar Tereza Cristina para passear de moto na Capital

Ex-secretário de Murilo é o ‘nome da vez’ para compor chapa com Rose Modesto

Mais um vereador anuncia que disputará eleições em outubro

Mais Lidas

DOURADOS

Idosa cai em golpe do falso sequestro, mas polícia consegue impedir transferência bancária

DOURADOS

Drogado, homem acaba preso após agredir filha e esposa

REGIÃO

Droga apreendida em veículo que capotou é avaliada em 1,5 milhão

RIO BRILHANTE

Caso de homem encontrado morto dentro de residência é investigado